Como funcionam os medicamentos anti-inflamatórios?

  • +A
  • -A

Os anti-inflamatórios não-esteróides, abreviados como AINEs, são medicamentos capazes de controlar não apenas uma inflamação, mas também a febre e a dor, que normalmente acompanham um quadro inflamatório. Por isso se diz que os três efeitos básicos dos AINEs são antipirético, analgésico e antiinflamatório.

Ação dos anti-inflamatórios no organismo


Os anti-inflamatórios agem no organismo inibindo a ação de uma enzima chamada ciclooxigenase (COX), a qual permite o aumento da produção de uma substância chamada prostaglandina, responsável pelo surgimento do quadro inflamatório. Portanto, o combate à COX diminui a produção da prostaglandina e, consequentemente, combate a inflamação, dor e febre.   

“Os anti-inflamatórios atuam em diferentes graus, inibindo a enzima ciclooxigenase (COX), prejudicando a transformação de ácido araquidônico em prostaglandinas, prostaciclinas e tromboxanos”, explica o clínico geral Gabriel Dotta. Ele comenta também que substâncias anti-inflamatórias (antioxidantes) estão presentes em alimentos e ajudam a prevenir o aparecimento de uma série de doenças.

Riscos do uso indiscriminado dos anti-inflamatórios


Apesar dos AINEs serem remédios considerados seguros quando administrados com indicação médica, eles são também muito consumidos pelos pacientes sem essa prescrição de especialista, o que pode trazer riscos. Os anti-inflamatórios provocam efeitos colaterais sérios se seu uso for indiscriminado, especialmente no longo prazo.   

“Podem afetar o coração, os rins e o trato gastrointestinal quando utilizados com abuso, tanto na dose quanto na duração. Os principais efeitos são infarto agudo do miocárdio, úlcera péptica, insuficiência renal e hipertensão arterial. O médico sempre deve prescrever e escolher o melhor anti-inflamatório para cada caso e cada paciente”, completa o médico.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Gabriel Dotta

Dr. Gabriel Dotta

Cardiologia

CRM: 172476 / SP

TAGS
dores-no-corpo
imunidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

7 comentários para "Como funcionam os medicamentos anti-inflamatórios?"

Marlene Mell

Tem ótimas informações

augusto

Falta diferenciar COX-1 de COX-2. Uma é ligada ao estomado e somente a outra que afeta nos processos inflamatórios.

Jefferson

Fiz uma cirurgia na mandíbula fraturei ela .já tem 4 semAna mas comtinua em chada e normal isso?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Jefferson. O tempo de duração do inchaço varia em cada caso, mas segundo o ortopedista Vinícius Magno, “o edema geralmente desaparece entre duas a quatro semanas após a cirurgia”. Contudo, há casos em que o inchaço leva até três a seis meses para desaparecer. A duração depende da parte do corpo em que o procedimento é realizado, da idade do paciente e do repouso no pós-operatório. Uma consulta é o mais indicado para que o médico verifique, presencialmente, então possa informa-lo com mais clareza sobre a duração do inchaço. Até breve.

Aveiramilde do nascimento

Bom fiz uma cirujia na coluna ja tem 2 meses continua enxado e vermelho e tomando antibiótico

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Aveiramilde. Cada tipo de cirurgia tem particularidades, tanto no tempo de duração do inchaço, que podem variar, quanto nos cuidados após a cirurgia. Desta forma, o ideal é que você siga as recomendações do seu médico e na persistência desses sintomas, relate ao especialista, para que o mesmo possa avaliar e prescrever algum tratamento, se necessário. Segue matéria com mais informações: https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/seguranca-para-o-paciente/pos-operatorio-principais-cuidados Estimamos melhoras!

Patricia sa Silva

Boa tarde E normal quando se toma antibiótico ter uma dormência nos locais inflamados?

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.