AchèAchè
    search
    Título

    Problemas de pele na região da cabeça podem influenciar a calvície?

    Uncategorized

    Por

    Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a calvície é mais frequente em homens e estima-se que pelo menos 80% dos que já passaram dos 80 anos sofram com o problema. A alopecia androgenética, tipo mais comum da calvície, é desencadeada por fatores de ordem genética. Mas, será que problemas de pele no couro cabeludo também podem favorecer a queda de cabelo? 

    “Esses problemas de pele podem alterar a aderência da haste capilar e a nutrição do bulbo (elemento da estrutura do fio responsável pela produção e distribuição das células germinativas que causam o crescimento do cabelo). A manipulação da região, ou seja, coçar a cabeça também pode arrancar os fios”, explica a dermatologista Andrea Godoy. Essa situação pode aumentar os buracos sem cabelo em que já sofre de calvície. 

    Coceira e caspa podem ser sinais de um couro cabeludo não saudável


    A oleosidade produzida de forma excessiva pelo couro cabeludo pode gerar alguns problemas, como a
    dermatite seborreica (caspa), que gera coceira, irritação, descamação e até dor. Outros fatores podem indicar que o couro cabeludo não está saudável, como queda excessiva de cabelo e ardência e vermelhidão na região. Nesses casos, é recomendado procurar um dermatologista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

    Embora, na maioria dos casos, a calvície tenha relação com herança genética, Dra. Andrea afirma que também existem outras causas. “Alterações hormonais na tireoide e até dietas mais restritivas podem desencadear o problema. Por isso, antes de qualquer tratamento é necessário um exame bem detalhado”, diz a médica.

    Higiene capilar previne o surgimento de problemas de pele na cabeça


    Para evitar problemas de pele na região da cabeça, é fundamental manter a higiene dos cabelos. Na hora do banho, o couro cabeludo deve ser a área de maior atenção: o shampoo deve ser aplicado priorizando essa área,
    massageando por cerca de 2 a 3 minutos para, em seguida, passar para o comprimento dos fios. É importante lembrar que a limpeza do couro cabeludo depende do tipo de cabelo, já que a periodicidade e os cuidados podem variar se os fios forem oleosos ou secos.

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes