AchèAchè
    search
    Título

    Panarício: Causas, Sintomas e Tratamentos para uma Recuperação Rápida

    Uncategorized

    Por

    O panarício, também conhecido como paroníquia, é uma condição inflamatória que afeta a pele ao redor da unha. Essa inflamação geralmente é causada por uma infecção bacteriana, que pode resultar em sintomas incômodos e até mesmo complicações se não for tratada adequadamente. Neste artigo, abordaremos as principais causas, sintomas e opções de tratamento para o panarício, a fim de fornecer informações valiosas para uma recuperação rápida e eficaz.

    Causas

     

    O panarício ocorre quando bactérias, como Staphylococcus aureus e Streptococcus, invadem a pele ao redor da unha. Isso pode ocorrer devido a diferentes fatores, tais como:

     

    • Traumas ou ferimentos na região periungueal (ao redor da unha), como cortes, picadas, mordidas ou lesões na cutícula; 
    • Exposição frequente à umidade, seja por imersão prolongada das mãos em água ou pelo uso de calçados inadequados que causem suor excessivo nos pés; 
    • Roer as unhas ou retirar a cutícula de forma inadequada, o que pode criar pequenas aberturas na pele, permitindo a entrada de bactérias; 
    • Profissões ou atividades que envolvem contato constante com água, produtos químicos ou sujeira, como lavadores de louça, jardineiros ou manicures; 
    • Condições médicas subjacentes, como diabetes mellitus ou problemas circulatórios, que podem comprometer a saúde da pele e torná-la mais suscetível a infecções.

    Sintomas do panarício

     

    Os sintomas do panarício podem variar dependendo da gravidade da inflamação e da presença de infecção. Alguns dos sinais mais comuns incluem:

     

    • Vermelhidão ao redor da unha: A região periungueal pode ficar vermelha e inflamada; 
    • Inchaço e dor: A área afetada pode ficar inchada, sensível ao toque e dolorida; 
    • Presença de pus: Em casos mais avançados, pode ocorrer o acúmulo de pus sob a pele, formando um pequeno abscesso; 
    • Aumento da temperatura local: A região pode ficar mais quente ao toque devido à resposta inflamatória.

    Em casos crônicos de panarício, os sintomas podem ser menos intensos, mas a inflamação persistente e recorrente é um sinal de alerta para buscar tratamento adequado.

    Tratamentos

    O tratamento do panarício depende da gravidade da condição e da presença de infecção. Aqui estão algumas opções de tratamento comumente utilizadas:

     

    • Compressas quentes: Aplicar compressas quentes na área afetada várias vezes ao dia pode aliviar a dor, reduzir a inflamação e promover a drenagem de pus, caso esteja presente; 
    • Higiene adequada: Manter a região limpa e seca é fundamental para prevenir a disseminação da infecção e promover a cicatrização. É importante evitar roer as unhas e retirar a cutícula de forma agressiva;
    • Antibióticos tópicos ou orais: Em casos mais graves, nos quais há sinais de infecção, o médico pode prescrever antibióticos tópicos ou orais para combater as bactérias responsáveis. É fundamental seguir corretamente as orientações médicas quanto à dosagem e duração do tratamento; 
    • Drenagem do abscesso: Se houver acúmulo de pus significativo, pode ser necessária a drenagem do abscesso por um profissional de saúde. Essa medida auxilia na remoção do pus e na redução dos sintomas.

    Após o tratamento do panarício, é essencial adotar medidas preventivas, como manter as unhas limpas e curtas, evitar traumas repetidos na região periungueal, usar luvas de proteção em atividades que envolvam contato com água ou produtos químicos e buscar tratamento adequado para condições subjacentes, como diabetes.

     

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes