search
    Título

    O diabetes pode favorecer um quadro de hipertensão?

    Coração
    Meu Corpo

    Por

    Tanto quem sofre de diabetes quanto quem sofre de pressão alta deve ficar atento ao seu estilo de vida e sua alimentação, sempre buscando uma vida mais saudável e equilibrada. Mas é possível ter as duas complicações ao mesmo tempo? “Hipertensão arterial e diabetes mellitus são condições clínicas que frequentemente se associam”, alerta a nutricionista Patricia Rodrigues. Entenda sobre essa relação e o que fazer para se cuidar.

    Diabetes: o que é e quais seus efeitos?

    O diabetes é uma alteração metabólica que tem preocupado os órgãos de saúde, pois as estatísticas demonstram um crescimento acelerado da doença. “O diabetes mellitus (DM) não é uma única doença, mas um grupo heterogêneo de distúrbios metabólicos que apresenta em comum a hiperglicemia, a qual é o resultado de defeitos na ação da insulina, na secreção de insulina ou em ambas”, explica Patricia. A hiperglicemia, ou seja, o aumento da glicose no sangue se manifesta por diferentes sintomas como excesso na frequência para urinar, sede excessiva, perda de peso, entre outros.

    Diabetes e hipertensão

    De acordo com a nutricionista, a hipertensão encontra-se presente em cerca de 20% dos pacientes com DM tipo I e em 30 a 50% dos pacientes com DM do tipo II. “Isso é decorrência da expansão do volume sanguíneo e aumento de sódio. Esta retenção de sódio vai descompensar os hormônios que regulam o equilíbrio da pressão arterial sistêmica”, explica. “As disfunções nos vasos sanguíneos são a principal causa deste desequilíbrio metabólico”.

    A nutricionista explica também que, quando a glicemia está controlada, o risco de hipertensão diminui. “Isso porque se evita picos de insulina que tem uma ação no sistema nervoso simpático e reabsorção de sódio, aumentando o risco da elevação nos níveis pressóricos”, complementa.

    Controlando os efeitos das doenças

    A dica para diabéticos hipertensos é criar simples mudanças no estilo de vida e ter hábitos alimentares mais saudáveis, visando benefícios nos níveis de glicose e controle da pressão. “Uma caminhada de 30 minutos diariamente, diminuição do consumo de bebidas açucaradas e corte dos alimentos empanados e fritos são algumas dicas”, indica Rodrigues.  A especialista afirma que o controle do diabetes e a prevenção das complicações estão nas mãos do paciente.

     

    Dra. Patricia Rodrigues é graduada em gastronomia & culinária e nutrição e pós-graduada em nutrição clínica. CRN4: 11101136

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes