search
    Título

    Existe algum tipo de cabelo mais propenso a cair?

    Cabeça e Pescoço
    Meu Corpo

    Por

    A queda de cabelo é algo normal para todas as pessoas. Por dia, perde-se entre 50 e 100 fios, o que não é muito se comparado aos mais de 100 mil fios do couro cabeludo. Contudo, existem casos em que esse número aumenta bastante, gerando preocupação e insatisfação. Segundo a dermatologista Gabriella Albuquerque, o tipo de cabelo não influencia nesse sentido.

     

    Quais são as causas da queda de cabelo?

     


    “Não existe um tipo de cabelo mais propenso a cair. O que acontece muito é a queda durante o banho, porque o peso molecular dos fios aumenta, o que contribui para que caiam mais”, diz a dermatologista. Envelhecimento, estresse físico e emocional, uso de medicamentos e problemas na tireóide, são outras causas comuns da queda de cabelo.

    “Alterações sistêmicas, como transtornos endocrinológicos, metabólicos e imunológicos e os traumas sucessivos por conta de escovas progressivas e apliques, que tracionam os fios, também devem ser levados em conta. Infecções fúngicas, bacterianas e até mesmo neoplasias são outros fatores considerados causadores da queda de cabelo”, completa a médica.

     

    Tratamento contra a queda de cabelo

     


    Como a queda de cabelo não se associa com um tipo específico de fio, não há necessidade em estabelecer tratamentos de acordo com o cabelo específico de cada pessoa. “Todos os tratamentos contra queda de cabelo, para serem eficazes, devem ter como objetivo a melhora do suprimento do couro cabeludo. E isto independe do formato do cabelo”, afirma Gabriella.

    Segundo a especialista, o ideal é que o tratamento da queda de cabelo dure cerca de seis meses, com reposição de vitaminas essenciais para o crescimento dos fios e produtos que ajudem a preservar a vascularização do local. “Uma rotina de exames de sangue deve ser seguida para descartar qualquer alteração que possa ter provocado a queda”, conclui.

     

     

    Dra. Gabriella Albuquerque é dermatologista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 71503-4 – Site oficial
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes