search
    Título

    Conheça os alimentos benéficos para quem tem herpes

    Saúde Gastrointestinal
    Sintomas

    Por Caroline Codonho

    20 de abril de 2016

    Você sabia que o tratamento do herpes também passa por uma boa alimentação? Além de todas as medicações adequadas para amenizar os efeitos da doença, tudo aquilo que ingerimos no dia a dia é primordial para manter o vírus controlado, dificultando a sua ação e o seu aparecimento no corpo. Por isso, atente-se a um cardápio saudável e rico em nutrientes para suavizar a infecção!

    Lisina é uma grande aliada

    A alimentação para herpes faz parte essencial do tratamento, ajudando a fortalecer o sistema imune, de defesa do organismo, que diminui os sintomas da doença e a frequência de sua manifestação. A grande fonte nutricional para auxiliar essa ação chama-se lisina, um aminoácido, muito encontrado em alimentos como queijos e lacticínios, ovos, peixes, que estimula o organismo a produzir enzimas, hormônios e anticorpos, criando uma espécie de capa “protetora” nas células do corpo, protegendo e evitando a multiplicação do vírus.

    De acordo com a nutricionista Caroline Codonho, esses alimentos—denominados “imunomoduladores”—como, principalmente, as fontes de vitamina C, atuam diretamente nesse trabalho de defesa do organismo, no combate às ações ofensivas do vírus que, por ainda não ter cura, só pode ter seus efeitos amenizados.

    A especialista lista algumas boas opções de alimentos para incluir no cardápio contra o herpes. “Para o controle do herpes é necessário inserir alimentos com baixo teor de carboidrato: vegetais folhosos, as ervas em geral e frutas preferencialmente com cascas. Linhaça, peixes, como a sardinha, chia, iogurtes fermentados e probióticos”, destaca a profissional.

    Alimentos que provocam o aparecimento de herpes

    Por outro lado, se alguns alimentos ajudam no combate ao aparecimento do herpes, outros fazem efeito contrário e precisam ser evitados por quem possui o vírus. Para controlar o surgimento da infecção é importante reduzir ou eliminar os alimentos ricos em arginina, aminoácido encontrado em oleaginosas, como as castanhas (todas, mas em especial o amendoim)  e carboidratos simples refinados. “O vírus da herpes gosta de arginina, eles aceleram o seu processo de evolução, por isso todos os alimentos com esse aminoácido devem ser evitados”, ressalta a nutricionista.

    Newsletter
    Tags
    alimentação
    herpes
    imunidade
    pele
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes