search
    Título

    Alongamentos e exercícios leves podem ajudar idosos com osteoporose?

    Uncategorized

    Por

    Com o aumento da expectativa de vida e do número de idosos no mundo, a osteoporose passou a ser uma forte preocupação e ganhou mais atenção a respeito da prevenção e dos seus riscos. Ela se caracteriza pela perda da massa óssea, deixando o esqueleto mais fino e frágil. A doença acomete, principalmente, idosos e mulheres depois da menopausa.

    Combatendo a osteoporose

    Uma das melhores maneiras de combater a osteoporose em idosos ou prevenir seu surgimento em pessoas mais novas é a atividade física. “A prática de exercícios físicos regulares, alongamentos, fortalecimento muscular e o controle do peso são os fatores mais importantes que ajudam tanto na proteção articular quanto na qualidade óssea”, explica o ortopedista Paulo Pileggi.

    Todos os esportes e exercícios são válidos nessa tarefa, como nadar, caminhar e pedalar. Entretanto, pacientes com osteoporose devem dar preferência às atividades que promovam a tensão muscular e, assim, colaboram para o fortalecimento dos ossos do corpo. Vôlei, basquete e handebol são ótimas opções.

    Adaptações devido à idade

    A prática desses esportes deve ser regular, para que realmente haja uma melhora do quadro de saúde e da qualidade de vida dos idosos. No entanto, Pileggi faz uma ressalva: “Esses exercícios, naturalmente, têm que ser adaptados às condições físicas do idoso para que não ocorram lesões.”

    O tratamento da osteoporose envolve ainda, além de medicações específicas, mudanças de hábitos por parte do paciente. “Essas mudanças envolvem aumento no consumo de alimentos ricos em cálcio e vitamina D e exposição ao sol, pois estes nutrientes são melhores fixados ao osso quando ocorre a exposição ao sol”, afirma o ortopedista.

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes