AchèAchè
    search
    Título

    A queda de cabelo durante a gravidez é comum?

    Cabelo

    Por

    Durante o período da gravidez o corpo todo da mulher sofre diversas modificações, grande parte delas são consequência das mudanças na quantidade de hormônios presente na futura mãe. Com o cabelo não é diferente, e o resultado pode ser imprevisível, porém, a queda capilar não é comum durante o período da gravidez.¹

    O que esperar

    Durante a gestação, os cabelos secos podem tornar-se oleosos, ou vice-versa, os lisos talvez ganhem cachos, e os ondulados têm chances de tornarem-se fios mais lisos. A adaptação a um novo visual é bastante provável, porém, os resultados das transformações capilares costumam ser animadores, trazendo mais vitalidade.¹

    Quais transformações acontecem

    Nos nove meses de gestação, a maioria dos fios permanece em sua fase anágena (de crescimento) e estimulados pelos hormônios progesterona e estrogênio, tornam-se mais espessos, diminuindo a queda e tornando os cabelos mais volumosos, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).¹

    Perda de fios

    É importante saber diferenciar a quantidade comum de queda de cabelos diária da excessiva. É normal ocorrer a perda de 100 a 200 fios por dia, porém essa quantidade de queda pode variar muito para cada indivíduo. Procure notar além da queda, o volume total do cabelo.²

    Possíveis causas

    Caso você esteja enfrentando queda capilar em excesso durante a gravidez, os motivos podem ser³:

    • Aumento da Progesterona
    • Excesso de oleosidade no couro cabeludo
    • Carência nutricional durante a gestação
    • Estresse e ansiedade

    Cuidados

    O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Dermatologia não recomendam o uso de química nos cabelos durante a gravidez, então procure deixar de lado caso seja adepta de escovas progressivas, tinturas e permanentes.¹

    Tratamento

    As causas para a queda capilar em excesso podem ser muitas, como distúrbios hormonais, uso de alguns medicamentos, desnutrição, anemia ou estresse. É importante nunca realizar a automedicação, e sempre consultar um profissional médico dermatologista, ele é o especialista habilitado para realizar o exame e diagnóstico de doenças em cabelos, unhas e pele.³

    Fonte:

    1. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Disponível em: https://www.sbd.org.br/cuidados-com-o-cabelo-durante-a-gravidez/. Acesso em Fevereiro 2022.
    2. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Disponível em: https://www.sbd.org.br/cuidados/conheca-os-cabelos/. Acesso em Fevereiro 2022.
    3. Tua Saúde. Disponível em: https://www.tuasaude.com/queda-de-cabelo-na-gravidez. Acesso em Fevereiro 2022.

     

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes