O que fazer para me acalmar durante uma crise de ansiedade?


  • +A
  • -A

Quem já teve uma crise de ansiedade conhece bem os sintomas: mãos suando, coração acelerado, náuseas e tremores… E, depois que eles começam, pode ser difícil se acalmar e esperar o ataque passar, principalmente se a pessoa estiver em um ambiente público, na rua ou trabalho. Mas existem algumas técnicas que especialistas recomendam para tentar ajudar a manter a calma nesse momento e aguardar a crise ir embora.

Respirar calmamente é fundamental

Uma das primeiras sensações pode ser a falta de ar ou hiperventilação. Então, respirar fundo, inspirando pelo nariz e soltando o ar pela boca pode ser fundamental para ajudar na hora. Existem técnicas mais recomendadas, como respirar devagar utilizando o diafragma, segurando a respiração por alguns segundos e sentindo o abdômen subir e descer durante o processo. “É importante prestar atenção à respiração durante a crise porque ela realmente pode ajudar a acalmar”, explica o psiquiatra Gustavo Cahú.

Técnicas de distração podem ajudar a não focar na crise

Evitar ter pensamentos negativos e ficar focado na crise também é essencial. É a chamada distração cognitiva. Existem algumas formas mais conhecidas, mas qualquer pensamento que conforte a pessoa na hora é adequado. É possível contar de 100 a 1 pelos números ímpares, em outra língua que conheça, cantar a letra de uma música que goste ou pensar em todas as pessoas que conheça com o nome começando por uma letra do alfabeto. O ideal continuar fazendo essas distrações diversas vezes até se acalmar um pouco. “Essas técnicas funcionam mais como uma distração para o cérebro da pessoa, fazendo ela pensar em outra coisa que não a crise e, com isso, consiga passar melhor pelo ataque até ele diminuir os efeitos”, completa Gustavo.

Tentar sair daquele ambiente em que se está, mesmo que de forma imaginativa e pensar em um local que se sinta em paz e relaxado, que dê conforto e segurança, também pode ajudar. Fechar os olhos e adicionar cada vez mais detalhes à cena, tentando focar toda a mente nessa atividade, é outra alternativa.

Conseguir a ajuda de um amigo, conversar, ouvir música, fazer exercício ou uma outra atividade no momento, tomar um banho quente, evitar cafeína e procurar a ajuda de um médico especializado também são indicados para os momentos de crises de ansiedade.

Gustavo Cahú é psiquiatra. CRM: RJ 5273633-3

TAGS
ansiedade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

9 comentários para "O que fazer para me acalmar durante uma crise de ansiedade?"

Valéria

Boa tarde, meu filho de 18 anos, tem essas crises e esses sintomas são msm realidade…Mas não consigo controla-lo .somente fazendo esses exercícios respiratórios.

Flavia

Além do controle da respiração eu tomo metade de um alprazolam que resolve

Luciana Jaques

Eu tive uma crise dessa no domingo dia 10/09/17 foi horrível parecia a ia morrer dores no peito,falta de ar,ânsia de vomito,tremores e coração acelerado! Fui parar no hospital tive q ficar no oxigênio e tomar diazepam foi o q me acalmou no momento

simone

eu ando dando crises todos os dias umas mas forte que a outra mao quero mas senti isso me DE um negócio ruim na minha cabecamal estar sensação horrivle alguma ai se tiver me sjude

Carlos Henrique

Já faz quase um ano que sofro com a ansiedade. Aperto na garganta, mal estar e coração acelerado são os principais sintomas.O que devo fazer para me livrar da ansiedade?

Sinto essas crises diariamente, sensação de falta de ar,bolo na garganta,suor frio,corpo tremolo,dor no peito e senssanção que vou morrer.o que faço para parar ou tratar essas crises?

undefined

Gorete

tenho depressão gostaria de um remédio que curase tomo clonazepam e sertralina

Tatiana

Tenho estás crises,agora estou me tratando com psicológico e psiquiatra o que tem me ajudado bastante mas não é nada fácil é uma luta diária

Marcia

Minha filha tem síndrome do pânico e ansiedade Generalizada, toma paroxetina, alprazolan, stelazine, quetiapina e fernegan, mesmo assim continua tendo crises, já está em tratamento à mais de seis meses, o que eu faço?

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.