Varizes: Principais causas, riscos e como funciona o tratamento para o problema


  • +A
  • -A
Imagem do post Varizes: Principais causas, riscos e como funciona o tratamento para o problema

As varizes são veias localizadas logo abaixo da pele e que se tornam tortas e dilatadas devido ao acúmulo de sangue e surgem principalmente nas pernas e nos pés. O problema deve ser tratado não apenas pela questão estética, já que fica visível na pele, mas pelos riscos à saúde e pelo desconforto sentido pelos pacientes.

 

Sintomas das varizes


As varizes trazem uma série de sintomas, alguns deles visíveis, outros não. O principal sinal é a presença de veias inchadas, aparentes pela pele, geralmente nas pernas, que podem se tornar ainda mais inchadas e propensas a rupturas se a doença não for controlada.


Outros sintomas são: ardência, dores, câimbras, dormência, sensação de peso e inchaço nas pernas, especialmente ao fim do dia. Alguns pacientes sentem dores mais intensas e sofrem mudanças na tonalidade da pele.

Em casos mais graves, a pele pode se tornar seca e com um aspecto esticado, um processo conhecido como dermatite de estase. “Esta dermatite se caracteriza por um espessamento da pele associada à escamação, erosão e perda de líquidos pelos poros. Nesta fase, a pele se torna vulnerável, facilitando a invasão da mesma por bactérias e o desenvolvimento de infecções, como erisipela e celulite”, explica o angiologista Breno Caiafa. Caso perceba estes sintomas, procure um médico imediatamente, que pode apontar o melhor caminho para o tratamento.

 

Genética influencia no desenvolvimento de varizes

 


Existem várias causas para o surgimento das varizes, mas as principais são apontadas pelo presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro, Carlos Peixoto: vida sedentária, história familiar, uso de hormônios, sobrepeso, multiparidade e trabalhar muitas horas com as pernas para baixo.

É possível perceber também uma piora no quadro de varizes durante os meses mais quentes do ano, devido à dilatação das veias causada pela exposição ao calor. Além disso, fatores hormonais tornam as mulheres mais propensas ao desenvolvimento das varizes do que os homens e os sintomas podem ser intensos em gestantes e durante o período menstrual.

O uso de roupas apertadas, apesar de ser muitas vezes indicado como um dos fatores de risco para o desenvolvimento da doença, não é tão relevante. “A roupa teria que ser muito apertada e usada continuamente para influenciar de alguma maneira no desenvolvimento da doença”, afirma o angiologista Jayme Ramos. “E mesmo assim estaríamos falando de roupas com efeito semelhante às de antigamente, como aquelas cintas abdominais. Se estamos falando de calças e afins, então a resposta é que não contribuem para o aparecimento de doença varicosa”.

 

Sem tratamento, varizes podem gerar complicações

 


As varizes oferecem riscos à saúde e, quando não são tratadas, podem dar origem a outros problemas, como explica Carlos Peixoto: “As principais complicações e que apresentam maior risco são as flebites, as tromboses, as manchas nas pernas e as feridas (úlceras)”.

A tromboflebite superficial, também chamada de trombose venosa superficial, é uma condição caracterizada pela presença de um trombo coágulo em uma veia superficial, acompanhada pela ação inflamatória da parede da veia e dos tecidos adjacentes.

As veias varicosas apresentam alterações morfológicas em suas paredes que predispõem à formação de coágulos. Além disso, as flebites podem piorar o quadro de varizes porque se apresentam de forma aguda e dolorosa. O mais indicado nesses casos é a retirada do segmento afetado por meio de um procedimento cirúrgico.

 

Tratamento para varizes envolve medicamentos e mudança de hábitos

 


De acordo com Peixoto, existem dois tipos de tratamento para as varizes, o clínico e o invasivo: “No clínico, utilizamos medicamentos e compressão elástica e, no invasivo, escleroterapia, laser, endolaser, espuma densa, radiofrequência, microcirurgia e cirurgia radical com a retirada da veia safena”.

Os casos menos graves, com varizes superficiais, podem ser combatidos apenas com o tratamento clínico e hábitos que podem ser adotados no dia a dia, como a prática de exercícios físicos, perda de peso, evitar permanecer sentado ou de pé por muito tempo e evitar o uso de roupas muito apertadas. Já os casos mais graves, com varizes profundas, poderão necessitar de medidas invasivas, que serão determinadas por um especialista.

 

 

Dr. Carlos Peixoto é angiologista e presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro. CRM-RJ: 52-30863-5

Dr. Jayme Ramos é angiologista e cirurgião vascular e atende em seu consultório no Rio de Janeiro. CRM: 52663859

Dr. Breno Caiafa é angiologista, cirurgião vascular e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ). CRM 565568-RJ

 

Foto: Shutterstock

TAGS
circulacao
dor-nas-pernas
sangue
trombose
varizes

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "Varizes: Principais causas, riscos e como funciona o tratamento para o problema"

Catarina Leite José Mansur

Sofro de varizes e a minha perna esquerda, então, está tomada delas. Estou passando um creme receitado por um médico e gostaria de saber se é esse creme que vocês recomendam. Muito bom saber que existe um tratamento menos agressivo para as varizes.

Cuidados Pela Vida

Olá Catarina, o melhor é seguir o tratamento prescrito pelo médico. Abraços.

Andreia

Gostei de saber que existe esse tratamento para as varizes, eu também tenho muitas nas duas pernas, e sinto muitas dores. O que devo usar?

Cuidados Pela Vida

Olá Zenaide, somente o médico é o profissional habilitado para avaliar sua queixa e prescrever o produto adequado. Orientamos a buscar uma unidade de saúde próximo de sua residência. Melhoras.

Daniela

Minha varize name per a esquerda ela eh muito grossa o que EU tenho que Frazer PRA NAo tar Nada grave name min a perna

Cuidados Pela Vida

Oi Daniela, é importante realizar uma consulta com o médico especialista para que ele possa indicar a conduta adequada para o seu caso. Abraços.

Gabrielli vitoria

Ola sofro com varizes tenho nas duas pernas …estou em busca de tratamento a minha nao e hereditária ….quero tirar elas pq sou muita nova tenho apenas 18 anos as consequência disso para mim e a estética e a saúde …essas dicas estão me ajudando muito ate eu passar por um tratamento

Cuidados Pela Vida

Oi Gabrielli, ficamos felizes que você tenha apreciado a matéria. Lembre-se que o acompanhamento médico e adesão ao tratamento são importantes para que você tenha melhoras nos sintomas. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.