Quais são as obsessões mais comuns identificadas em pacientes com TOC?


  • +A
  • -A

O TOC é um transtorno psiquiátrico que se caracteriza pela manifestação de obsessões e compulsões. As compulsões são mais perceptíveis porque são formas de comportamento que se assemelham a rituais, como lavar as mãos ou procurar uma chave no bolso mais de 20 vezes.

O que são obsessões

As obsessões vêm antes. São elas que desencadeiam as compulsões: tratam-se de ideias e imagens que invadem a mente de uma pessoa com TOC de maneira involuntária e incontrolável. Esses pensamentos geram desconforto e angústia, fazendo o indivíduo buscar nas compulsões uma maneira de aliviar o estresse e a ansiedade.

Segundo o psiquiatra Eduardo Aratangy, as obsessões mais identificadas em pacientes com o transtorno são ligadas a contaminação, limpeza, checagem, insegurança e controle. Ele afirma, entretanto, que há muitas outras: “Existem infinitas possibilidades, já que o que caracteriza as obsessões não é o assunto, mas a estrutura e a forma como o pensamento se interpõe à mente”.

Difícil percepção e graves danos

Por não serem manifestadas fisicamente, as obsessões se tornam mais difíceis de serem percebidas por familiares e por um especialista. Para que um psiquiatra possa identificá-las, é preciso que o paciente consiga percebê-las e fazer um relato. As compulsões, porém, podem servir como pistas. “Alguém que tenha obsessões com contaminação e doenças acaba tendo comportamentos repetitivos, como lavar as mãos insistentemente para se sentir limpo ou descontaminado”, explica Aratangy.

As obsessões causam sérios problemas à mente de uma pessoa com TOC e, segundo o psiquiatra, se assemelham aos danos provocados pela esquizofrenia. “Retração social, horas gastas nas compulsões, impossibilidade de desviar os pensamentos, dificuldades no trabalho e estudo são claros exemplos de prejuízo ligados ao transtorno”, explica o médico. No entanto, a combinação entre o uso de medicamentos e psicoterapias têm oferecido bons resultados aos pacientes.

 

Dr.Eduardo Wagner Aratangy é psiquiatra, formado pela USP e atua em São Paulo. CRM-SP: 116020

TAGS
psicologico
toc

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Quais são as obsessões mais comuns identificadas em pacientes com TOC?"

Jaqueline

Sempre tive toc de verificação .Com o tempo e a idade, a memória mais lenta o toc foi diminuindo. Mesmo com vontade de verificar portas fechadas e ferro ligado saio e faço de conta que esta tudo certo.Mas já acabei deixando de verificar o ferro e cheguei em casa ele realmente estava ligado. Por Deus não pegou fogo na casa.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.