Como saber se a sua pele está com o nível correto de oleosidade?

  • +A
  • -A

A oleosidade da pele pode variar com a alimentação, idade, alterações hormonais e fatores emocionais. Uma pele saudável produz naturalmente um óleo que funciona como uma barreira cutânea contra a ação de agentes externos que podem causar doenças, como bactérias e fungos. No entanto, é necessário atenção, já que, em muitos casos, a oleosidade excessiva na pele pode ser um indicador de problemas de saúde.

De acordo com a dermatologista Vanessa Kodani, há algumas formas de perceber se o nível de oleosidade da pele está saudável. “O desequilíbrio é percebido pela presença de comedões, acne, poros dilatados, brilho excessivo. O nível correto seria aquele em que não há incômodo causado pela presença do sebo que a própria pele produz para protegê-la”, explica.

Como controlar a oleosidade da pele


Quando as glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de oleosidade, estão trabalhando em desequilíbrio, os poros podem ficar obstruídos facilitando inflamações e o aparecimento de acne. O segredo para evitar esse problema está na
higienização correta e na regulação da pele. Hábitos como sempre tirar a maquiagem antes de dormir e utilizar sabonetes específicos para esse tipo de pele, quando incorporados ao dia a dia, ajudam no controle da oleosidade.

Entre os ativos para conter a oleosidade em excesso, o ácido salicílico é um dos mais indicados. Ele tem funções anti-inflamatória, esfoliante e comedolítica, ou seja, tem uma ação profunda, que consegue penetrar na pele e regular a produção de sebo. Vale lembrar que também é muito importante associar a aplicação de produtos hidratantes para evitar o ressecamento e a irritação da pele.

Evite alimentos gordurosos e consuma vitaminas


Para quem tem pele oleosa os
alimentos ricos em gordura saturada podem ser grandes vilões. O ideal é manter uma alimentação balanceada, com ingestão regular de vitaminas do complexo B, vitamina A, C e betacaroteno, que inibem a produção de sebo e combatem radicais livres, ajudando a deixar a pele mais jovem e sadia.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Vanessa Kodani

Dra. Vanessa Kodani

Dermatologia

CRM: 100793 / SP

TAGS
acne
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como saber se a sua pele está com o nível correto de oleosidade?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.