É possível tratar a caspa de forma preventiva?

  • +A
  • -A

A dermatite seborreica, popularmente conhecida como caspa, é uma condição em que o couro cabeludo apresenta irritações e lesões e afeta muitas pessoas. As feridas coçam e descamam, formando pequenas casquinhas brancas ou amareladas que se dispersam pelos fios e, em casos mais graves, pelos ombros e pela roupa. Será que é possível preveni-la? Confira!

Caspa pode ser controlada e prevenida


A dermatologista Manuela Boleira afirma que é possível prevenir surtos da doença e mantê-la controlada: “Observar quais fatores pioram o quadro é muito importante, já que vários hábitos estão relacionados às crises. Controlar a oleosidade, não prender os fios ainda molhados, não espaçar muito as lavagens e usar um shampoo seborregulador algumas vezes por semana podem ajudar a manter a doença em remissão”.

Existem ainda outros fatores que contribuem para intensificar a doença. O contato do couro cabeludo com certos produtos usados em tratamentos químicos, como a escova progressiva, pode resultar em mais descamação, assim como o uso recorrente de secadores, bonés e chapéus e situações frequentes de estresse e ansiedade.

A caspa é uma consequência da dermatite, que se desenvolve a partir da produção excessiva de sebo na região, o que colabora para a inflamação da área afetada e para a proliferação de fungos. Além do couro cabeludo, a dermatite seborreica pode surgir em outras partes do corpo que tendem a produzir muita oleosidade, como sobrancelha, pálpebras, tórax e as regiões atrás e dentro das orelhas. 

Caspa não tem cura e tratamento contínuo é fundamental


Não existe uma cura definitiva para caspa. Trata-se de uma doença crônica com características hereditárias, mas há formas de garantir que os sintomas estejam controlados.
O tratamento envolve alguns cuidados simples que podem ser incorporados no dia a dia a fim de preservar a saúde capilar. Manter os cabelos higienizados, sem banhos quentes, ter uma alimentação balanceada e livre de alimentos gordurosos e aplicar produtos condicionadores apenas no comprimento dos fios, evitando o couro cabeludo, são alguns exemplos.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Manuela Boleira

Dra. Manuela Boleira

Dermatologia

CRM: 83802-0 / RJ

TAGS
cabelos
dermatite
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "É possível tratar a caspa de forma preventiva?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.