Por que a pele seca pode descamar?


  • +A
  • -A

A pele seca apresenta alguns sintomas específicos, como ardência, vermelhidão, feridas e descamação. Tudo isso ocorre em função do próprio ressecamento, ou seja, pela hidratação inadequada ou insuficiente da pele. No inverno, esse quadro tende a se intensificar, já que as temperaturas baixas e o clima seco favorecem a perda de umidade da pele.  

Pele seca tende a ser mais sensível


A pele seca descama pois retém menos água”, afirma a dermatologista Cinthya Basaglia. “No inverno, principalmente, devemos caprichar na hidratação, aplicando produtos hidratantes logo após o banho e com o corpo ainda úmido – assim conseguimos um melhor resultado na hidratação”, explica a médica.

Geralmente, quem tem a pele mais ressecada sofre também com a sensibilidade da mesma, o que favorece ainda mais a manifestação das sensações incômodas já mencionadas. O contato da pele com alguns fatores ambientais e climáticos pode rapidamente ativar os sintomas desconfortáveis devido a essa maior sensibilidade.

Cuidados para o tratamento da pele seca


Para
cuidar da pele ressecada e sensível e evitar a descamação, é essencial seguir uma rotina de cuidados com a pele que permita que aos poucos a pele fique mais saudável, com “vida”, com uma boa aparência. Portanto, vale a pena investir em produtos específicos para hidratação, limpeza, renovação e proteção da pele.   

Além disso, é interessante apostar em sabonete suave (pois resseca menos); evitar banhos quentes, o que também piora o ressecamento e a sensibilidade; e no uso de filtro solar adequado, já que a ação dos raios solares contribui e muito para o ressecamento da pele. Vale ainda buscar dermocosméticos sem álcool, perfume e outras substâncias reativas a este tipo de pele.  

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Cinthya Basaglia

Dra. Cinthya Basaglia

Dermatologia

CRM: 52876747 / RJ

TAGS
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que a pele seca pode descamar?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.