Moradora de Guarulhos passou a dormir melhor depois de controlar a pressão


  • +A
  • -A
Imagem do post Moradora de Guarulhos passou a dormir melhor depois de controlar a pressão

Manter a pressão arterial sob controle é uma tarefa que nem sempre é fácil, mas é de extrema importância para a saúde do corpo e para uma vida com qualidade. A hipertensão é uma condição na qual os valores da pressão arterial estão acima do que os médicos consideram como saudáveis e que colocam em risco o funcionamento do coração e de vários outros órgãos.

 

Picos de pressão atrapalhavam o sono de Irani

 

Para Irani Cavalcante, de 58 anos, encontrar o tratamento ideal para a hipertensão tinha ainda outro objetivo: dormir melhor. “Eu tinha picos de pressão e passava muito mal durante a noite. Minha pressão subia, lá pelas 2 ou 3 horas da madrugada. Tomava remédio mas não adiantava”, afirma a moradora de Guarulhos, em São Paulo.

A falta de controle sobre a doença era algo que incomodava a comerciante. Ela já havia tentado diversos tipos de tratamentos, mas a dosagem nunca parecia ser adequada. Além disso, seu organismo não se adaptava e a pressão arterial não se estabilizava. Foi durante uma consulta com seu cardiologista que a solução para o problema ficou mais perto de se tornar realidade.

 

Mesmo sem sintomas, tratamento da hipertensão não deve ser interrompido

 

Com os conselhos de seu médico e as devidas explicações, Irani decidiu iniciar outro tratamento. “Em um mês, os picos de pressão pararam. Eu tenho diabetes também e nunca parei de tomar a medicação. Desde então, nunca tive mais problemas. Minha pressão hoje é de criança”, explica, contente, a comerciante. Há cinco anos, sua pressão está normalizada.

A atitude da moradora de Guarulhos de não interromper o tratamento da hipertensão é fundamental para evitar uma piora súbita da doença. “Parar repentinamente um tratamento pode ser perigoso, uma vez que a hipertensão pode causar dano permanente a órgãos vitais do corpo”, explica o cardiologista Abel Magalhães. Olhos, coração, rins e cérebro são os mais afetados, com sérias repercussões que vão de AVCs à cegueira.

 

Dr. Abel Magalhães é formado pela UFRJ e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 5258558-8 – http://www.abelmagalhaes.com.br/

 

Foto: Shutterstock

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Moradora de Guarulhos passou a dormir melhor depois de controlar a pressão"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.