A hipertensão pode acometer pacientes jovens?


  • +A
  • -A

A hipertensão é um problema que se verifica mais em pessoas de idade avançada, pois o acúmulo de anos com hábitos ruins de saúde é um dos principais fatores de risco para a doença. No entanto, mais raramente, ela também pode ser diagnosticada em indivíduos jovens e até mesmo crianças. Isso acontece porque outros fatores, como a genética, por exemplo, podem influenciar nesse sentido, fazendo com que a hipertensão se manifeste muito mais cedo.   

“A hipertensão arterial sistêmica é uma doença que, na atualidade. atinge todas as faixas etárias, de diversas etnias e de ambos os sexos. Em crianças e adolescentes, o problema está associado ao excesso de peso, baixa prática de atividade física, alimentação inadequada, tabagismo e consumo excessivo de sódio e álcool”, informa a cardiologista Bruna Baptistini.

Riscos associados a pacientes jovens com hipertensão


Por mais que seja ruim sofrer com a doença desde cedo, nessa fase é mais fácil detectá-la e fazer o controle precoce. “A medida da pressão arterial em crianças é recomendada em toda avaliação clínica após os três anos de idade, pelo menos uma vez por ano, como parte do atendimento pediátrico primário. Também é recomendado investigar possíveis causas secundárias,
como, por exemplo, doenças renais, vasculares e endocrinológicas”.

De acordo com a especialista, há estudos que demonstraram uma forte associação entre a presença dos fatores de risco já mencionados e a extensão das lesões ateroscleróticas (placas de colesterol) em crianças e adultos jovens. Ou seja, a aterosclerose pode se iniciar precocemente, ainda na infância, e com o passar dos anos pode provocar um infarto agudo do miocárdio.

Tratamento contra hipertensão em jovens


Para evitar evitar esses riscos, é fundamental controlar a pressão arterial, o que deve ser feito por meio de tratamento medicamentoso aliado a mudanças no estilo de vida. Controle do peso,
prática regular de atividade física e estabelecimento de dieta balanceada (ressaltando a baixa ingesta de sal) são medidas vitais. “Lembrando que o tabagismo, uso de álcool, drogas, hormônios esteróides e algumas medicações também contribuem para o desenvolvimento da doença e, portanto, devem ser cessados”, completa a médica.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Bruna Baptistini

Dra. Bruna Baptistini

Cardiologia

CRM: 145229 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "A hipertensão pode acometer pacientes jovens?"

Eliane Rodrigues da Silva

Sem duvida ,a hipertensão considerada doença altamente perigosa e muitas das vezes silenciosas .Adorei o conteudo

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Eliane, ficamos felizes que você tenha gostado! Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

JOAO PAULO

Olá.eu tenho 28 anos e ja faço controle de.pressão arterial mudei meus hábitos e comecei a praticar caminhadas e corridas 3 vezes por semana além.de tomar o remédio gostaria de saber se já uma dieta especifica para ajudar no tratamento

CUIDADOS PELA VIDA

Oi João Paulo, segue os links de acesso a algumas de nossas matérias com informações para você:
https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/alimentacao/pressao-alta-reduzir-consumo-sal
https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/alimentacao/alimentos-controlar-pressao-arterial
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Samuel

Informações muito importante,parabéns pelo trabalho de vcs obg gostei muito.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Samuel, nossa intenção é que todos tenham acesso a informação e possam assim cuidar da saúde. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.