Convivendo com a hipertensão: O que deve mudar na sua rotina agora que você está tratando a doença?

  • +A
  • -A

A hipertensão é uma doença crônica que afeta cerca de 30% da população brasileira acima dos 20 anos de idade e cerca de 60% das pessoas acima dos 60 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão. Para facilitar o controle da doença, quem recebe o diagnóstico deve começar logo o tratamento, que inclui não só medicações, mas também mudanças importantes na rotina.

Alimentação saudável é parte do tratamento da hipertensão


O primeiro passo é introduzir algumas melhorias na alimentação, como explica a cardiologista Ana Catarina de Medeiros Periotto: “É muito importante
reduzir o sal, evitar temperos prontos, embutidos, enlatados, alimentos em conserva de sal, fast food, biscoitos, salgadinhos e refrigerantes”. O hipertenso deve dar preferência a verduras, legumes, castanhas e alimentos integrais ricos em fibras, diminuindo o consumo de carne e fritura.

Para viver bem mesmo com hipertensão, é preciso também abrir mão do consumo de cigarros e bebidas alcoólicas. “Quando sou hipertenso e também fumo, estou somando fatores de risco, ou seja, estou agregando situações de risco para o meu corpo e aumentando muito a chance de um evento cerebrovascular, como um infarto ou um derrame”, alerta o também cardiologista Marcus Gaz.

 

Exercícios físicos auxiliam no controle da pressão alta


Outra mudança imprescindível para o sucesso do tratamento da hipertensão é fazer atividades físicas regularmente, o que melhora a capacidade cardiovascular e ajuda na estabilização da pressão arterial. Antes, no entanto, é preciso passar por uma avaliação médica para descobrir os melhores exercícios e a melhor intensidade para cada caso.

O paciente hipertenso deve também evitar situações de estresse, procurando até mesmo ajuda profissional, caso seja necessário. É importante ainda tomar a medicação prescrita rigorosamente, criar o hábito de medir a pressão arterial frequentemente, o que pode ser feito em uma farmácia ou em casa, e se consultar com um cardiologista regularmente.

 

Dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão: http://www.sbh.org.br/home.html

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Cardiologia

CRM: 141696 / SP

Dr. Marcus Gaz

Dr. Marcus Gaz

Cardiologia

CRM: 135061 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Convivendo com a hipertensão: O que deve mudar na sua rotina agora que você está tratando a doença?"

Adriana Rodrigues

Eu sempre gosto de olha os que o médico falam em algumas postagem

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Adriana. Ficamos felizes em saber que agradamos. Continue nos acompanhamento para mais matérias como esta. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.