Você sabia que o tratamento pode impedir novas manifestações do herpes?


  • +A
  • -A
Imagem do post Você sabia que o tratamento pode impedir novas manifestações do herpes?

O herpes é uma infecção viral que produz coceira, vermelhidão e bolhas na pele. Uma de suas particularidades é que a doença pode voltar a afetar o paciente mesmo depois de tratada. Situações desse tipo, quando o herpes retorna à atividade, são chamados de recidivas, mas existem algumas medidas que te ajudam a evitar novas manifestações.

Lisina ajuda a reduzir recidivas do herpes


A principal atitude para evitar crises de herpes é seguir as indicações médicas. De acordo com o dermatologista Murilo Drummond, o tratamento funciona com dois tipos principais de abordagens. “O tratamento se divide em dois: preventivo, com medicações que ajudam a evitar ou atenuar as crises, como o
aminoácido lisina, e terapêutico, com antivirais locais e orais nas crises”, explica o especialista.

Há ainda outras medidas simples que você pode adotar no dia a dia. Elas são capazes de reduzir novas crises do herpes e são frequentemente recomendadas pelos profissionais. Doutor Drummond cita “evitar exposições solares excessivas, usar filtro solar e atenuar o estresse” como exemplos.

Cuidar da imunidade pode evitar crises do herpes


Prestar atenção à imunidade também é importante, já que as manifestações do herpes podem surgir em
momentos de fragilidade do seu sistema imunológico. Manter uma alimentação saudável, praticar atividades físicas regularmente e tratar qualquer outra doença de forma adequada são hábitos que você deve adotar para se prevenir das crises do herpes.

Estas atitudes são essenciais para evitar novas manifestações, mas você ainda pode apresentar sintomas esporadicamente. Mesmo nesses casos, o tratamento pode te ajudar a aumentar o tempo entre as crises do herpes.

Dr. Murilo Drummond é dermatologista, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. CRM-RJ: 52.33705-1 – Site oficial

Foto: Shutterstock

TAGS
herpes
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Você sabia que o tratamento pode impedir novas manifestações do herpes?"

tereza

tenho herpes genital.meu parceiro corre risco de contrair fazendo sexo oral fora das crises

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Tereza, em muitos casos é comum a herpes genital não apresentar sintomas na pessoa infectada, por isso, mesmo que ela não tenha mais os sinais de lesões presentes (com a doença no estado latente) também pode também contaminar outras pessoas, por isso o uso do preservativo (camisinha) é importante. Abraços.

Pamela

Eu tenho herpes genital, já tomei lisina e de nada me adiantou, minha alimentação já mudei meus hábitos de vida e nada… Sinceramente já não sei mais o que fazer , a pergunta é depois de feito tudo o que mais devo fazer ?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Pamela, é importante realizar uma consulta com o dermatologista/infectologista para que seja identificado o motivo das crises recorrentes e, assim seja prescrito o tratamento adequado. Abraços.

Emerson

Eu tenho herpes labial como Faso pra não transmitir pra outras pessoas?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Emerson, segue o link de uma de nossas matérias com mais informações para você: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/problemas-de-pele/o-que-fazer-para-minimizar-o-risco-de-transmissao-do-herpes-para-alguem
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.