As lesões causadas pelo herpes podem ser confundidas com espinhas?

  • +A
  • -A

A infeção pelo vírus do herpes traz como principal sintoma o surgimento de lesões, cuja aparência pode se assemelhar à de uma espinha. Tal similaridade pode gerar confusão, provocando um diagnóstico tardio ou até mesmo a falta deste e, consequentemente, possíveis complicações pela falta de tratamento adequado. Contudo, não é difícil distinguir uma coisa da outra. 

Diferenças entre lesões de herpes e espinhas


“Ambas as lesões (herpes ou espinhas) podem doer e apresentam coloração avermelhada, aspectos em comum que podem levar à confusão. Porém, a lesão do herpes é uma vesícula, ou seja,
uma pequena bolha, enquanto a espinha é classificada como uma pápula, nódulo ou pústula (‘bolinha de pus’)”, explica a dermatologista Kaliandra Cainelli.  

Além disso, as feridas do herpes são acompanhadas por mais sintomas do que as espinhas, visto que se trata de um quadro bem mais complexo. “Os principais sintomas do herpes são pequenas vesículas agrupadas, vermelhidão, coceira, dor, ardência, mal estar, febre e aumento dos gânglios”, informa a médica.

Tratamento medicamentoso contra o herpes 


De acordo com a dermatologista, o incômodo provocado pelas lesões do herpes pode ser reduzido com algumas medidas: aplicação de gelo ou compressa gelada, ingestão do medicamento antiviral que reduz o tempo e tamanho da lesão e aplicação de pomadas antivirais e anti inflamatórias.

Quanto aos remédios antivirais, é interessante destacar os produtos à base de lisina, um aminoácido importante no controle da doença e capaz de reduzir as infeções de repetição causadas pelo herpes simples. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Kaliandra Cainelli

Dra. Kaliandra Cainelli

Dermatologia

CRM: 80153-4 / RJ

TAGS
herpes

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "As lesões causadas pelo herpes podem ser confundidas com espinhas?"

Nilza Pereira

Boa noite,gostaria de ter uma informação ,estou com uma espinha no canto da boca,so que ela esta com pus,e dura, fui tentar espremer ,mas foi muito,.Espero uma resposta

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Nilza. A presença de pus é um forte indicativo de que se trata de uma espinha e não de uma lesão causada pelo herpes. Porém é muito importante que você não tente espremer. Nossas mãos e unhas tem muitos micro-organismos, vírus e bactérias que podem agravar a lesão causada pela espinha. Espere ela cicatrizar naturalmente e se aparecerem muitas espinhas, ou se for muito incomodo busque ajuda de uma dermatologista para tratar a causa das espinhas. Abraços!

Mari

Olá, bom dia. Gostaria de fazer uma pergunta, no caso da herpes, ela ainda volta de tempos em tempos? Tenho tido espinhas (com pus) na vulva, que geralmente aparecem no período de TPM, saberia me dizer do que se trata?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Mari. Sim, o herpes pode voltar de tempos em tempo, porém há algumas diferenças entre o herpes e espinhas, no herpes as lesões são vermelhas e com uma bolha de líquido incolor, diferente das espinhas que contém pus, além disso o herpes vem acompanhado de outros sintomas, com coceira, dor, ardência, mal estar e febre. Como você relata que estas lesões tem ocorrido sempre em uma época é importante procurar por um ginecologista para que ele possa avaliar e diagnosticar corretamente. Estimamos melhoras, abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.