Lisina: Conheça os benefícios no combate ao herpes


  • +A
  • -A

É comum que quem já manifestou sintomas do herpes volte a tê-los novamente, o que é chamado de nova crise ou recidiva. Elas acontecem em 50% a 70% das pessoas afetadas e podem ser desencadeadas por estresse, exposição excessiva ao sol, alterações hormonais e baixas na imunidade.

Essas novas crises ocorrem porque, uma vez que conseguiu entrar, o vírus do herpes não é eliminado do organismo, mas se aloja nos nervos próximos da sua porta de entrada e fica latente, esperando uma oportunidade para voltar à ativa.

Felizmente há uma forma de fazer com que a ocorrência de novas lesões seja menor: a suplementação de um aminoácido essencial chamado lisina, que inibe indiretamente a replicação do vírus HSV, causador do herpes. Isso acontece porque a lisina compete com a arginina, um aminoácido vital para a replicação desse vírus.

A maioria das pessoas consome quantidades adequadas de lisina por meio da dieta, estando ela presente em altos níveis em alimentos como ovos, carnes, peixes, frangos, legumes, queijos e leite. Por outro lado, milho, trigo, coco, chocolate e amendoim devem ser evitados por causa da quantidade de arginina.

Se você busca ter uma alimentação rica em lisina e outros nutrientes importantes, mas mesmo assim não consegue obter o suficiente, pode apostar na suplementação com lisina. Procure seu médico para que ele indique o melhor tratamento.

A principal indicação do tratamento medicamentoso com lisina é a prevenção de lesões nas pessoas com episódios frequentes de herpes. Nesses casos, o medicamento em geral é administrado por períodos mais prolongados, respeitados os efeitos colaterais e as indicações, sempre com acompanhamento de um médico.

A reposição de lisina em doses altas demonstrou tanto um aumento no intervalo das crises como a diminuição dos sintomas e do tempo de cicatrização quando as lesões se manifestam.

Fontes:

Cuidados pela Vida. Lisina: como age essa substância, usada no tratamento e controle do herpes? Disponível em: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/herpes/lisina-tratamento-controle-herpes. Acesso em 03 de set. 2018.

Cuidados pela Vida. Lisina: suplementação pode suprimir por completo as manifestações do herpes? Disponível em: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/herpes/lisina-suplementacao-suprimir-manifestacoes-herpes. Acesso em 03 de set. 2018.

McCUNE, M, A. et al. Treatment of recurrent herpes simplex infections with L-lisyne monohydrochloride. Cutis, v. 34, p. 366-373, 1984.

WALSH, D. E.; GRIFFITH, R. S.; BEHFOROOZT, A. Subjective response to lysine in the therapy of herpes simplex. Journal of Antimicrobial Chemotherapy, v. 12, p. 489-496, 1983.

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Anália Viana

Anália Viana

Dermatologia

CRM: CRM 52906654 / RJ

TAGS
herpes
baixa-imunidade
lisina

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Lisina: Conheça os benefícios no combate ao herpes"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.