Quem tem herpes deve evitar beijar bebês recém-nascidos?


  • +A
  • -A

Quando um bebê nasce, é muito comum e, de certa forma, até esperado que os parentes mais próximos se dirijam à maternidade ou à casa dos pais para conhecer o mais novo membro da família. No entanto, quem tem herpes precisa tomar alguns cuidados para evitar transmitir o vírus e seus sintomas ao recém-nascido.

O herpes simples é uma infecção viral que provoca ardência, coceira e, eventualmente, a erupção de feridas com bolhas na região dos lábios ou nos órgãos genitais. Sua principal forma de transmissão é o contato da pele com as feridas ativas. “A pessoa com herpes precisa evitar o beijo no recém-nascido, principalmente quando estiver com a lesão bolhosa na boca”, afirma a dermatologista Kaliandra Cainelli.

 

Herpes pode ser mais grave em bebês

 

Apesar de causar dor e ser visualmente incômoda, a infecção dificilmente representa uma ameaça à saúde de adultos, idosos e adolescentes. O mesmo não pode ser dito sobre os recém-nascidos, já que os bebês ainda não têm o sistema imunológico completamente preparado para combater esse e outros vírus.

Nas crianças com apenas dias ou semanas de vida, o chamado período neonatal, o herpes se manifesta de forma mais agressiva e pode afetar o sistema nervoso central por causa do despreparo do sistema imunológico para lidar com infecções.

 

Lisina ajuda a diminuir crises de herpes

 

Ainda que a transmissão do vírus seja extremamente facilitada na presença de feridas ativas, a transmissão pode acontecer até mesmo em sua ausência, por isso, é importante que o paciente tome cuidado na hora de interagir com bebês recém nascidos. Fazer o tratamento do herpes e reforçar a lisina na alimentação (ou por suplementos, caso não seja possível obtê-la na alimentação), são boas maneiras de manter a replicação do vírus baixa e, portanto, reduzir a frequência e intensidade das crises.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Kaliandra Cainelli

Dra. Kaliandra Cainelli

Dermatologia

CRM: 80153-4 / RJ

TAGS
herpes
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quem tem herpes deve evitar beijar bebês recém-nascidos?"

Marcia

To com herpes labial na minha boca. Comecei sintomas o meu corpo ta diferente como veias verdes e azul mistura. Estranha. Tenho medo

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Marcia, o herpes é uma infecção causada pelo vírus herpes simples e provoca, de tempos em tempos, crises com coceira, ardência, vermelhidão, pequenas bolhas e feridas ao redor dos lábios e/ou da região genital. A Dra. Vanessa Kodani oriente que há várias alternativas de medicamentos antivirais, indicados de acordo com a avaliação do médico, além de limpeza local, cuidados com a imunidade, por meio de uma alimentação adequada, prática de exercícios físicos e redução do estresse. Procure um dermatologista para iniciar o tratamento mais adequado para você. Confira outra matéria que aborda informações sobre esse tema clicando no link abaixo. Até a próxima.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/herpes/quanto-tempo-dura-o-tratamento-para-o-herpes

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.