Pacientes com esquizofrenia controlada podem curtir as férias normalmente?


  • +A
  • -A

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica que provoca alterações de comportamento, delírios e alucinações, como sensação de perseguição e ouvir vozes. A modernização dos tratamentos permitiu o controle dos sintomas do transtorno e deu aos pacientes a possibilidade de ter uma boa qualidade de vida. Hoje, uma pessoa esquizofrênica consegue viver normalmente e pode até mesmo aproveitar as férias em família, desde que com certos cuidados.

Férias não são motivo para interromper o tratamento da esquizofrenia


“A principal cautela é não
interromper o uso dos medicamentos. Caso durante as férias o paciente pare de tomar a medicação, corre o sério risco de ter crises, o que pode acabar com a diversão não apenas dele, mas de toda a família, ou até mesmo levar a transtornos maiores e mais graves, como algum tipo de acidente”, afirma a psiquiatra Luciana Staut.

Durante as férias, é comum o paciente se desligar da rotina e acabar esquecendo de tomar o remédio. Nesses casos, que tal pedir ajuda aos familiares e usar a função de despertador do celular? “Se for medicação que toma pela manhã, coloque despertador e tome o remédio, mesmo que volte a dormir. Caso haja uma alteração importante, pode haver risco de crises”, alerta a especialista.

Paciente com esquizofrenia não deve consumir bebidas alcoólicas nem durante as férias


Fazer uma programação com antecedência é necessário para não
ficar sem a medicação no período em que estiver viajando. Além disso, as férias devem ser aproveitadas para estreitar os laços com a família e os amigos e, claro, para cuidar da saúde, se alimentando bem e praticando exercícios, e para reduzir o estresse, a ansiedade e outros fatores da rotina que são estressores e que podem precipitar crises da doença.

Outro cuidado que deve ser tomado durante as férias é evitar o consumo de bebidas alcoólicas, que traz graves consequências para o paciente. “O álcool não é indicado em nenhuma quantidade por pessoas esquizofrênicas. Sintomas delirantes, como pensamentos de perseguição, desconfiança e até mesmo o ciúme patológico, podem piorar na associação entre a doença e o álcool”, destaca o psiquiatra Alexandre Proença.

Dra. Luciana Cristina Gulelmo Staut é psiquiatra, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e atende em Cuiabá (MT). CRM-MT: 6734

Dr. Alexandre Proença é psiquiatra, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) atende em Niterói e São Gonçalo (RJ). CRM-RJ: 52905674 – www.alexandreproenca.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
esquizofrenia
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Pacientes com esquizofrenia controlada podem curtir as férias normalmente?"

Luis Americo

Muito proveitoso

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Luis, continue aproveitando nossas matérias, isso nos dá imenso prazer. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.