Esquizofrenia: Pacientes podem consumir bebidas alcoólicas em moderação?

  • +A
  • -A

O consumo de bebidas alcoólicas é responsável por agravar diversas doenças e até mesmo por facilitar o desenvolvimento de problemas de saúde, como é o caso do diabetes e da hipertensão. A situação não poderia ser diferente com os transtornos psiquiátricos, como a esquizofrenia e a depressão.

 

Esquizofrênicos não devem consumir álcool

 


De acordo com um estudo feito pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, o abuso de álcool pode aumentar até três vezes as chances do desencadeamento da esquizofrenia. A situação oposta também acontece: segundo o psiquiatra Alexandre Proença, os pacientes esquizofrênicos são mais suscetíveis à dependência de bebidas alcoólicas.

O uso é, portanto, fortemente desaconselhado. “O consumo de álcool não é indicado em nenhuma quantidade por pessoas esquizofrênicas. Além da interação medicamentosa com diversos remédios, as bebidas podem influenciar tanto na aderência ao tratamento, como na melhora dos sintomas”, explica o psiquiatra.

 

Uso de álcool pode piorar sintomas da esquizofrenia

 


“Sintomas delirantes, como pensamentos de perseguição, desconfiança e até mesmo o ciúme patológico, podem piorar na associação entre a doença e o álcool”, alerta Proença. Além disso, episódios de agitação e de agressividade protagonizados por pessoas com o transtorno mental também podem estar associados ao consumo de bebidas alcoólicas.

Muitas pessoas que sofrem diariamente com os efeitos da doença recorrem ao álcool como válvula de escape, uma forma de atenuar os sintomas. Entretanto, a melhor opção para estes pacientes é procurar ajuda médica para que a dependência da bebida alcoólica seja tratada junto à esquizofrenia, aumentando assim as chances de uma melhora geral do quadro de saúde.

 

Dr. Alexandre Proença é psiquiatra, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) atende em Niterói e São Gonçalo (RJ). CRM-RJ: 52905674 – www.alexandreproenca.com.br

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Alexandre Proença

Dr. Alexandre Proença

Psiquiatria

CRM: 52905674 / RJ

TAGS
esquizofrenia
psicologico
alcool

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Esquizofrenia: Pacientes podem consumir bebidas alcoólicas em moderação?"

Luna dias

Corretíssima, esta orientação. Tenho caso próximo na família e sei que não se deve permitir que o portador de quadro psiquiátrico ingira álcool.

Rute

Sim, já comprovei isso na prática. Álcool não faz bem pra ninguém.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Rute. O uso de álcool pode piorar sintomas da esquizofrenia e é necessário tratar a dependência com um profissional. A psicoterapia é uma medida eficaz pois tem como objetivo abordar os motivos psicológicos que possam estar por trás da dependência do álcool. Abraços!

Jorge

Sim! É totalmente desaconselhado a ingestão de álcool para pessoas com esses sintomas de esquizofrenia!Tive que aceitar está teoria, pois na prática tive sérios problemas com o as ligações álcool, hoje tento manter-me o máximo possível desta bebida que é causadora de danos morais, financeiro e de credibilidade para com a sociedade!Não tive um diagnóstico médico, mas estou consciente que tenho o problema!Se não ingerir bebidas alcoólicas tenho grande chance de controlar, pois é sabido que não tem cura, apenas controle e assim estou conseguindo viver mas tranquilo e respeitado por todos!

lidiane

ola o meu e allcolatra ai ele deixou de bebe ,só qe agora ele fala que ver gente pesiguindo,qe matalo pega faca pra se matar qual o tipo ploblema dele e so o pciquiatra o tem outras opções

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Lidiane. Nessa situação, não deixe de procurar ajuda. O primeiro passo para o tratamento é consultar um psiquiatra que será capaz de analisar o quadro de maneira completa. Após uma avaliação, será verificada a necessidade de medicação e da psicoterapia. Até breve!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.