O que é uma alucinação? Sintoma é comum em pacientes com esquizofrenia


  • +A
  • -A
Imagem do post O que é uma alucinação? Sintoma é comum em pacientes com esquizofrenia

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica em que o paciente perde a capacidade de distinguir o que é realidade do que é imaginação, fruto do excesso de dopamina em determinadas áreas do cérebro, segundo as teorias e estudos mais aceitos atualmente. A esquizofrenia causa diversos sintomas, um dos mais comuns é a alucinação.

Ouvir vozes é uma alucinação comum em pessoas com esquizofrenia


“A alucinação é uma alteração sensoperceptiva muito frequente na esquizofrenia
É quando o paciente apresenta uma percepção sensorial sem que exista um estímulo externo verdadeiro”, afirma a psiquiatra Ana Paula Bechara Marquezini Gazolla. O principal tipo de alucinação visto nos pacientes com esquizofrenia é a alucinação auditiva.

Por causa desse sintoma, é comum o indivíduo escutar vozes em sua mente, que podem ser ameaçadoras, comentando sobre suas atividades, por exemplo. E por acreditar que as alucinações são reais, os pacientes acabam conversando com as vozes que ouvem. Existem ainda outros tipos de alucinações, como as visuais, somáticas e até olfativas.

Delírios e desorganização do pensamento são sintomas da esquizofrenia


Segundo a profissional, a alucinação faz parte dos sintomas positivos da esquizofrenia, assim como os delírios
. “Os delírios são crenças falsas das quais o paciente está firmemente convencido. Mesmo que existam provas contrárias àquela crença, o indivíduo continua acreditando”, diz a especialista. O delírio de perseguição é o principal tipo. O esquizofrênico se sente ameaçado ou vítima de uma conspiração.

Existem ainda os sintomas negativos e os cognitivos. “Dentro dos sintomas negativos, nós temos a apatia, o embotamento afetivo, o contato pobre, o retraimento social e a redução do interesse nas atividades. Dentro dos sintomas cognitivos, temos a desorganização do pensamento”, cita Ana Paula. Procurar um psiquiatra é fundamental para tratar e reduzir a presença dos sintomas na vida do paciente.

Dra. Ana Paula Bechara Marquezini Gazolla é psiquiatra com residência médica pelo Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (MG). CRM-SP: 165290

Foto: Shutterstock

TAGS
esquizofrenia
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "O que é uma alucinação? Sintoma é comum em pacientes com esquizofrenia"

Daisy

Muito esclarecedora a matéria! Parabéns!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Daisy, ficamos felizes que tenha gostado! Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Evaldo Lima

O que aconteceu com minha esposa foi o seguinte: ela tem 45 anos, começou a ter crises de tontura/labirintite. Feitos os exames, não foi constatado nenhum problema. Buscou vários especialistas, até que resolveu ir ao endocrinologista para auxiliar na perda de peso. Aí começou o problema, a médica receitou um medicamento que inibe o apetite, mas apresenta efeitos colaterais negativos na mente (SIBUTRAMINA). Após a ingestão desse medicamento, começaram a surgir delírios e alucinações. Ela achava que estava sendo perseguida, criava crenças em relação ao uso das cores, não dormia, etc. Resumindo, a primeira ajuda foi o uso do HALOPERIDOL que auxiliou para que ela conseguisse dormir e retornasse à realidade. A seguir, passamos a ir ao Psiquiatra e foram receitados outros medicamentos que não deixam a pessoa tão dopada. Hoje, usa LUVOX e ZODEL. Está muito bem, não apresenta sintomas de pânico e todos os sintomas iniciais desapareceram.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Evaldo, desejamos sucesso no tratamento de sua esposa. Abraços.

Valdirene

Gostei de obter maiores detalhes sobre esse assunto, tenho amigas com esse problema de saude.Grata

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Valdirene, segue o link de acesso a outras matérias sobre esquizofrenia: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/esquizofrenia
Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.