Como o tratamento clínico pode ajudar quem tem endometriose?


  • +A
  • -A

O tratamento clínico tem grande importância na melhora da qualidade de vida da mulher e deve ser seguido de acordo com a recomendação médica. Nos casos de indicação de uso do hormônio dienogeste, ele tem como ação atuar na redução da dor ocasionada pelas lesões da endometriose e impedir a progressão da doença.

Outras medidas podem ser tomadas para aliviar os sintomas da doença como:

– Tomar banhos quentes e utilizar bolsas de água quente para relaxamento da musculatura pélvica e consequente alívio da dor;

-Utilizar analgésicos que podem ser indicados de acordo com o caso, converse com o seu médico, caso haja necessidade;

-Praticar regularmente exercícios físicos, de acordo com a liberação médica.

Referências:

1- Biblioteca Virtual em Saúde. Endometriose [online]. Dicas em saúde, 2012. [Acesso
em: 20/10/2017]. Disponível em:
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/250_endometriose.html
2- Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Endometriose [online]. Saúde e economia, v.7, n. 11, 2014. [Acesso em: 20/10/2017]. Disponível em:
http://portal.anvisa.gov.br/documents/33884/412285/Boletim+Sa%C3%BAde+e+Economia+n%C2%BA+11/de6e4348-4793-477a-8371-357fa6b3f0f1
3- Barcellos J. Endometriose [online]. Sociedade Brasileira para Estudo da Dor. [Acesso
em 23/02/2018]. Disponível em:
http://www.sbed.org.br/lermais_materias.php?cd_materias=491
4- Podgaec S. Manual de endometriose [online]. Federação Brasileira das Associações de
Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), 2014. [Acesso em: 23/02/2018]. Disponível em:
http://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/13162/material/Manual%20Endometriose%202015.pdf
5- Mahan LK, Escott-Stump S, Raymond JL. Krause: Alimentos Nutrição e Dietoterapia. 13ed., Ed: Saunders Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.
6- Brasil. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira [online]. 2ed,2014. [Acesso em: 31/08/2017]. Disponível em:
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf
7- Guyton, AC, Hall JE. Tratado de Fisiologia Médica. 11º ed., Rio de Janeiro, Editora: Elsevier Ed., 2006.
8- Fernandes JS, Fortunato JMS, Pinto JP. Fisiologia do sistema reprodutor feminino [online]. Univ. Fed. Flum. [Acesso em: 27/02/2018]. Disponível em:
http://www.uff.br/WebQuest/downloads/FisiolApRepFem.pdf
9- Laboratório Ache. Kalist [online]. Bula Ache. [Acesso em: 20/02/2018]. Disponível em:
http://www.ache.com.br/arquivos/BULA%20KALIST.pdf
10- Bahamondes L, Camargos AF. Dienogest: Uma nova opção terapêutica em
endometriose [online]. FEMINA, v. 40, n. 3, 2012. [Acesso em: 20/02/2018].
Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2012/v40n3/a3263.pdf
11- Paiano LAG, et. al. Padronização das ações de enfermagem prescritas para pacientes
clínicos e cirúrgicos em um hospital universitário [online]. R. Enferm. Cent. O. Min., v. 83, n. 4, 2014 [Acesso em: 21/02/2018]. Disponível em:
http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/557/770
12- Ferreira GD, et. al. Náusea e Vômito [online]. Guia de bolso: cuidados paliativos, 2017.
[Acesso em: 21/02/2018]. Disponível em:
https://docs.wixstatic.com/ugd/4fe8a1_ad05d75e49a3436b833a261d130f07e5.pdf
13- Hospital de Câncer de Barretos. Efeitos Colaterais: náusea e vômito [online]. [Acesso em: 21/02/2018]. Disponível em: https://www.hcancerbarretos.com.br/cancer-derim/76-paciente/opcoes-de-tratamento/quimioterapia/quimioterapia-e-os-efeitoscolaterais/126-efeitos-colaterais-nausea-e-vomito
14- Silva C et al. Qualidade de vida em pacientes com endometriose: um estudo de revisão
[internet]. Rev Bras Promoç Saúde, v. 27, n. 3, 2014. [Acesso em: 21/02/2018].
Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=40838483017
15- Toledo A. Bote a endometriose pra correr [internet]. Saúde abril, atualizada em: 06/03/2017, [Acesso em: 20/02/2018]. Disponível em:
https://saude.abril.com.br/fitness/bote-a-endometriose-pra-correr/
16- Falcade AC, Amaral VFd. Exercício físico como coadjuvante no tratamento dos sintomas
da endometriose: revisão de literatura [internet]. Reprod Clim., v. 24, n. 3, 2009.
[Acesso em: 21/02/2018]. Disponível em:
http://www.sbrh.org.br/files/2009/2009_vol24-n3-reproducao-eclimaterio.pdf#page=34
17- Lima RGR, Silva SLS, Freire AB, Barbosa LMA. Tratamento fisioterapêutico nos transtornos sexuais dolorosos femininos: revisão narrativa [online]. Rev. Ele. Est., v. 2, n. 1, 2016. [Acesso em: 22/02/2018]. Disponível em:
https://reer.emnuvens.com.br/reer/article/view/81/29
18- Marqui ABT, Silva MPC, Irie GRF. Disfunção sexual em endometriose: uma revisão sistemática [online]. Medicina (Ribeirão Preto), v. 48, n. 5, 2015. [Acesso em: 22/02/2018]. Disponível em:
https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/112597/110495
19- Marino FFLO. Aspectos da sexualidade em mulheres com endometriose [online]. Tese de Doutorado, Facul. Medicina da USP, 2016. [Acesso em: 22/02/2018]. Disponível
em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-06122016-155542/ptbr.php

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Como o tratamento clínico pode ajudar quem tem endometriose?"

Maria Luciene Antunes

Tenho endometriose.Faço fisioterapia do assoalho pélvico, antes da fisioterapia sentia muita dor na relação, ao ir ao banheiro .Hoje me sinto melhor .

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria Luciene, parabéns pelo empenho na busca de uma maior qualidade de vida. Desejamos sucesso no tratamento prescrito. Abraços.

Patricia

Tomo o dienogeste generico…faço uso pelo tratamento de endometriose.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.