Quais são os tipos de endometriose que existem?


  • +A
  • -A

A endometriose pode ser classificada em alguns tipos, de acordo com os sintomas, grau de intensidade dos mesmo e local de acometimento. Há muitas formas de manifestação e as mais observadas são a endometriose superficial, a endometriose ovariana e a endometriose profunda.

Tipos de endometriose mais comuns


“A endometriose superficial é o tipo mais comum e afeta todo o peritônio da pelve, uma membrana que recobre os órgãos dentro da barriga. Pode atingir a superfície dos ovários, das tubas, da bexiga e do próprio útero, dentre outros locais. Ela penetra menos que 5 milímetros em relação à superfície. Uma simples cauterização pode eliminá-la”, afirma a ginecologista Fernanda Torras.

A endometriose ovariana se manifesta com cistos/nódulos, os quais se formam a partir do sangue que se aloja no local durante o ciclo menstrual. Dependendo do tamanho dos cistos, a mulher pode vir a ficar infértil. Por conta desse risco, muitas vezes é preciso que os nódulos formados sejam retirados para que o tratamento seja eficaz.

Por fim, a endometriose profunda (ou infiltrativa) acomete peritônio com mais de 5 milímetros de profundidade. “Este tipo de manifestação da doença afeta, por exemplo, as regiões paracervicais (ao lado do colo uterino), intestino e ligamentos uterinos”, diz a médica. A endometriose profunda é considerada a mais grave, tendo em vista que os sintomas apresentados são mais intensos e frequentes.  

Os sintomas da endometriose


Os sintomas da endometriose variam de acordo com o tipo e região acometida. Eles podem ser: cólicas menstruais frequentes e intensas;
dores abdominais fortes no período pré-menstrual; sangramento intenso e abundante durante a menstruação; presença de nódulos ou cistos na palpação abdominal; sensação de dor durante a micção; dor nas relações sexuais; constipação e dor intestinal; náuseas e vômitos durante os quadros mais graves de dor.

Dra. Fernanda Torras é graduada em medicina com residência médica em ginecologia obstetrícia na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Possui pós-graduação em mastologia e oncoplastia mamária também pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. CRM: 130.332 – drafernandatorras.com.br

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Fernanda Torras

Dra. Fernanda Torras

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 130332 / SP

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "Quais são os tipos de endometriose que existem?"

Monica Rodrigues Martinho Moraes

Bom dia!Estou com uma endometriose profunda,adenomiose e miomas.A endometriose pegou a cupúla vaginal e os ligamentos da coluna,tenho fortes dores lombares e nas pernas.Tomo o genérico do Alurene já faz alguns anos e essa doença evoluiu mt em mim.Os médicos não querem operar,pois posso vir ter seqüelas graves por ter envolvido a cupúla vaginal e ligamentos da coluna.Meu braço esquerdo esta chio de nódulos e doi mt dentro do braço.Já fui encaminhada para a UFRJ,meu irmão mora em Botafogo e eu em Petropolis,mas coloquei meu endereço de Botafogo e fui atendida na Cliníca da Família que me atendeu mt bem e ficaram indignados como os profissionais deixaram eu chegar a esse ponto,sendo que fiz ressonâncias e outros exames mais.O quê devo fazer?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Monica, a única alternativa e o acompanhamento médico especializado. Abraços.

genilda da costa

Boa noite! Aos 18 anos de idade descobrir a endometriose, passei por 4 cirurgia hj graças a Deus a doença está controlda! Com 39 anos sou mãe de um menino,presente de Deus em minha vida, passei por mts processo dolorido, mas Deus enviou um ginecologista especialista em endometriose pra mim ajudar só tenho agradecer a Deus !E ao Dr luciano furtado coelho. Persisti sempre e não deixar de confiar.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Genilda. Agradecemos por compartilhar a sua experiência conosco e ficamos felizes em saber da melhora no seu tratamento! Continue por aqui para acompanhar todas as nossas matérias. Abraços!

Amanda

Olá! Tenho 22 anos e tenho segundo os médicos poucos focos de endometriose, porém dores muito intensa, como dores nas costa, cólicas muito forte, dores nas pernas e na relação, foram 5 anos até descobrir, pois sempre senti dores muito fortes e nunca dava nada nos exames, atualmente faço tratamento com hormônio. Meus sangramentos pararam, porém uma boa parte das dores persistem e também não menstruou.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Amanda. Segundo a Dra.Fernanda Torras “Os sintomas da endometriose variam de acordo com o tipo e região acometida”. Por isso, orientamos que procure seu(sua) Ginecologista para avaliar seu quadro com mais precisão. Desejamos sucesso no seu tratamento!

Selma

Ola boa noite fiz um mapeamento paea endrometriose profundaEo resultado foi ademinose focal.nódulo retro cervicalLigamentos espassado que significa?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Selma. A adenomiose é uma doença similar à endometriose e também pode causar infertilidade, além de dores e sangramentos excessivos durante a menstruação. Orientamos que procure sua Ginecologista, para lhe orientar melhor, pois cada caso tem um tratamento específico, seja com remédios ou com cirurgia quando necessário. Desejamos sucesso no seu tratamento!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.