Quem tem endometriose profunda consegue engravidar?

  • +A
  • -A

A endometriose profunda é uma forma mais grave da doença e pode causar diversos problemas para a saúde da mulher, podendo, inclusive, comprometer a fertilidade. Mas, afinal, quem sofre com esta manifestação da endometriose pode engravidar? O ginecologista Alexandre Brandão Sé é quem tira todas as dúvidas sobre o que é endometriose profunda, sintomas e cuidados para quem tem essa doença e deseja engravidar. Confira! 

Sintomas de endometriose profunda? Saiba como descobrir a doença

“A endometriose profunda, na verdade, é toda e qualquer lesão que tenha tamanho maior do que 5 milímetros. Existe a endometriose ovariana, adenomiose (que é a endometriose no útero), mas é possível ter endometriose intestinal e em outros órgãos pélvicos”, afirma o médico. Ela difere, por exemplo, da endometriose superficial, que se localiza somente na região do peritônio (camada que recobre os tecidos do abdome) e que pode ser menor do que 5mm, de acordo com o ginecologista. 

Entre os sintomas da endometriose, é possível elencar: dores pélvicas, inclusive durante a relação sexual, cólicas e fluxo menstrual intensos, diarreia e/ou prisão de ventre constantes, além da dificuldade para engravidar. O diagnóstico da endometriose, profunda ou não, exige obrigatoriamente um exame de imagem, mais especificamente, a ressonância magnética. É bom lembrar que somente o ginecologista poderá fechar esse diagnóstico e indicar o melhor tratamento. 

Com tratamento adequado, gravidez é possível

A endometriose profunda prejudica a fertilidade da mulher, mas o ginecologista garante que é possível, sim, planejar uma gestação mesmo com a doença. “Em alguns casos, a paciente pode engravidar espontaneamente; em outros, é possível fazer um período de tratamento clínico e daí, engravidar espontaneamente. Algumas pacientes, no entanto, só vão engravidar depois de cirurgia e outras precisarão de fertilização ou fertilização seguida de cirurgia. Porém, em todos os casos, é possível engravidar”, explica Dr. Sé. 

De acordo com o ginecologista, o tratamento da endometriose profunda é o mesmo aplicado para outras manifestações da doença: “O tratamento é clínico, feito a partir de medicamentos hormonais, medicações analgésicas, alimentação, cuidados com a saúde do corpo (fisioterapia, acupuntura e atividade física) e cuidados com a saúde mental e do sono. Esse é o tratamento que todas as pacientes deveriam fazer”, diz o especialista. 

Em outros casos, entretanto, há a alternativa da cirurgia de endometriose, mas deve ser indicada exclusivamente pelo ginecologista. “O tratamento cirúrgico está indicado na falha do tratamento clínico. Ele é indicado para pacientes que continuam com dor, sofrem com a infertilidade, ou que têm o comprometimento de algum órgão, como uma semiobstrução do intestino (endometriose profunda intestinal), uma lesão no ureter ou em algum outro órgão”, finaliza o médico. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Alexandre Brandão Sé

Dr. Alexandre Brandão Sé

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 15796 / DF

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quem tem endometriose profunda consegue engravidar?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.