Quando a cirurgia é de fato necessária em um tratamento contra endometriose?


  • +A
  • -A

O tratamento da endometriose se baseia em alguns procedimentos, o que inclui a cirurgia. Porém, esta é utilizada normalmente como a última opção, devido à complexidade e por não ser necessária em quadros leves. Antes de pensar em cirurgia, os especialistas tentam fazer um tratamento medicamentoso para amenizar os sintomas e controlar o quadro. 

Tratamentos indicados antes da cirurgia


“Antes da cirurgia, os tratamentos clínicos mais indicados são: indução de amenorreia, que é a parada da menstruação com uso de anticoncepcionais contínuos combinados ou de progesterona isolada contínua (pílula de progesterona,  implantes e até mesmo por DIU hormonal de progesterona); bloqueio do eixo hormonal e indução de menopausa transitória em casos mais resistentes, com análogos de gnRh (hormônio liberador de gonadotrofina)”, explica a ginecologista Fernanda Torras.

A cirurgia contra endometriose, especialmente em casos mais graves, pode exigir a retirada dos ovários ou do útero, o que torna a mulher infértil. Por isso, normalmente é mais indicada para mulheres já inférteis ou que afirmam não ter desejo de ter filhos durante a vida. 

Cirurgia da endometriose em casos mais brandos


A cirurgia também pode ser feita em mulheres cujo quadro de endometriose não é considerado grave. Mesmo sem correr riscos e sem sentir
dor ou qualquer tipo de incômodo que comprometa significativamente sua qualidade de vida, a paciente pode optar junto ao médico pela cirurgia em casos específicos, não necessariamente exigindo a retirada do útero e dos ovários. 

Por exemplo, é possível que uma mulher com endometriose moderada sinta dor durante a penetração no ato sexual e esse seja o único incômodo decorrente da doença. Mesmo assim, ela pode recorrer à cirurgia caso os tratamentos com remédios não tenham resolvido o problema. Afinal, isso interfere também no bem estar e na qualidade de vida da paciente. 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Fernanda Torras

Dra. Fernanda Torras

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 130332 / SP

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Quando a cirurgia é de fato necessária em um tratamento contra endometriose?"

Taiana

Vou fazer a cirurgia, porquê pretendo engravidar, enquanto isso estou fazendo o tratamento com anticoncepcional.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Taiana. Ficamos felizes que já esteja em tratamento, a cirurgia é realmente indicada quando há o desejo de ser mãe, e após a cirurgia, as taxas de sucesso são grandes. Seguindo as prescrições do médico, acreditamos veemente que irá alcançar o seu objetivo. Estamos na torcida! Até breve.

Janice

Orientações e informações sobre essa doença é super importante, fui diagnosticada na quinta-feira, tive que ficar internada e na segunda-feira entrei em cirurgia (laparoscopia) tive que retirar um ovário que estava comprometido, e com vários focos. Detalhe: fazia consultas com ginecologista periodicamente. Temos que lutar pelo diagnóstico rápido dessa doença e não somente dizerem que é normal ou é “só cólica”. Sofri anos, em algumas situações me senti humilhada pois a dor era tanta que ia no posto faziam exames e nada encontravam me colocavam no soro e faziam cara desconfiada, cheguei a escutar que era gases!!! É preciso sensibilidade para identificar essas situações. Atualmente faço tratamento medicamentoso.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Janice. O seu empenho em buscar auxílio, foi fundamental para o diagnóstico e prescrição do tratamento adequado. É importante seguir as recomendações, para que tenha resultados positivos. Desejamos progresso!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.