Qual é a relação entre a endometriose e a ansiedade?

  • +A
  • -A

A endometriose é uma doença do trato ginecológico que acomete muitas mulheres e tem como principais sintomas a dor intensa na região pélvica e do abdômen. Porém, em muitos casos, o que a endometriose pode causar vai além dos sintomas físicos, afetando até mesmo a saúde mental das pacientes. A ginecologista Keyla Schneider esclarece a relação entre endometriose e ansiedade e explica como administrar as duas doenças. Confira!

Sintomas de endometriose: a ansiedade pode ser um deles

De acordo com a ginecologista, a descoberta da endometriose e seus sintomas podem causar a desestabilização mental das pacientes, deixando-as mais suscetíveis à ansiedade. “Toda doença pode ser prejudicada por efeitos psicológicos, interferindo negativamente no tratamento. Na endometriose, em especial, como a doença quase sempre está relacionada a dores muito intensas e à possibilidade de infertilidade, o comprometimento emocional aumenta”, explica Dra. Keyla.

Mesmo após a descoberta da doença, a ginecologista esclarece que os sintomas de endometriose ainda podem provocar danos à saúde mental: “Devido às diversas manifestações clínicas que a endometriose pode apresentar, comumente podemos perceber sofrimento físico e emocional nestas pacientes. A ansiedade é bastante encontrada nesta patologia, pelo medo e incertezas em relação ao sucesso do tratamento e as consequências que a doença pode acarretar”.

Os fatores de risco para a endometriose também podem ser um motivo gerador de estresse e ansiedade. “A causa da endometriose continua sendo assunto controverso. É considerada multifatorial. Sabemos que existem fatores genéticos (familiares diretos); fatores raciais (acomete mais caucasianas); hormonais (ligada a níveis elevados de estrogênio) e sociais (estresse), que contribuem para o aparecimento da doença. O agravamento também pode estar relacionado aos fatores citados, uma dieta inflamatória e falha no tratamento”, esclarece Dra. Keyla. 

Como é feito o tratamento da endometriose associada à ansiedade?

No que tange à endometriose, o tratamento clínico pode ser suficiente, mas quando as duas doenças estão associadas, é importante dar a devida atenção, dedicando à paciente uma terapêutica clínica e psicológica em conjunto, para além do consultório. “Recomenda-se que o tratamento da endometriose na mulher com transtorno de ansiedade seja acompanhado por psicólogo e/ou psiquiatra, além de um ginecologista especializado. Mudanças nos hábitos de vida devem ser bastante consideradas, como uma alimentação saudável, atividades físicas regulares e meditação”, finaliza a ginecologista. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Keyla Schneider

Dra. Keyla Schneider

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 52.61092-9 / RJ

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Qual é a relação entre a endometriose e a ansiedade?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.