Dieta é o suficiente para emagrecer? Nutricionista tira suas dúvidas!


  • +A
  • -A

Na busca por um corpo mais magro, muitas pessoas acreditam que conseguirão perder peso somente com mudanças na alimentação. Para emagrecer, elas param de consumir certos tipos de produtos e diminuem consideravelmente a quantidade de comida nas refeições. No entanto, nem sempre as dietas são suficientes para atingir resultados satisfatórios.

Para emagrecimento saudável, dieta deve ser combinada com exercícios físicos


“Uma dieta sozinha não resolve. Emagrecer é mais do que seguir uma dieta equilibrada. Depende do quanto a pessoa quer emagrecer e do quanto está motivada a fazer ajustes e mudanças em seu estilo de vida”, afirma a nutricionista Marta da Cunha. Para emagrecer com saúde e,
em longo prazo, manter o novo peso, é preciso fazer as refeições em horários fixos, praticar exercícios físicos e, acima de tudo, ter paciência.

Perder peso é um processo que exige tempo e persistência

Antes de começar uma dieta, entretanto, é importante procurar o auxílio de um nutricionista. “Dietas restritivas, às vezes desequilibradas, necessitam ser acompanhadas de perto e devem ser usadas em casos especiais, em que realmente existe a necessidade de um emagrecimento rápido”, alerta a especialista. Estas mudanças bruscas podem expor o corpo à falta de nutrientes, o que prejudicará o funcionamento do organismo e facilitará o desenvolvimento de infecções e doenças.

Fitoterapia e acupuntura complementam resultados da dieta


Apesar de ser um trabalho desafiador, existem muitas ferramentas complementares que podem ser usadas pelo nutricionista para ajudar no
emagrecimento saudável. “Fitoterapia, acupuntura, massagens, programação neolinguística (PNL), psicologia comportamental e práticas meditativas ajudam muito neste processo”, diz a profissional.

De acordo com Marta, a fitoterapia tem mostrado excelentes resultados no controle de peso e pode funcionar para auxiliar no tratamento da hipertensão, no controle do colesterol e de triglicérides e na melhora da digestão. A acupuntura, por sua vez, estimula pontos que favorecem o equilíbrio e o bom funcionamento do organismo. Já a meditação, a psicologia e a programação neolinguística podem fazer o paciente entender e solucionar problemas que, de alguma forma, afetam sua capacidade de emagrecer.

Marta da Cunha é nutricionista formada pela Faculdade de Ciências da Saúde São Camilo, fitoterapeuta membro do conselho da Associação Paulista de Fitoterapia e especialista em Medicina Chinesa. CRN: 3-1039.

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Dieta é o suficiente para emagrecer? Nutricionista tira suas dúvidas!"

Vera Regina novalski

Ola!Tenho 45 anos e a dificuldade de emagrecer é grandeControlo a alimentação mas sinto que tenho uma ansiedade.Agora comecei a andar de bicicleta pois a caminhada não funciona muito.Quero uma opinião sua.Obrigada.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.