Iniciar uma dieta sem consultar um nutricionista oferece riscos à saúde?


  • +A
  • -A

Quase todo mundo tem boas noções sobre a importância das dietas para quem deseja emagrecer e dos benefícios da alimentação saudável. Segundo a nutróloga Paula Whyte, os brasileiros sabem, por exemplo, que legumes, frutas e outros vegetais são saudáveis. No entanto, não sabem em que horário comer e qual é a quantidade mais adequada. Tudo isso pode ser esclarecido por um nutricionista, que analisa cada caso individualmente.

 

Dieta sem acompanhamento pode causar deficiência de nutrientes

 


As necessidades nutricionais de um paciente que faz atividades físicas vigorosas, com duração de uma a duas horas por dia, são diferentes das necessidades de alguém que não faz exercícios e trabalha o dia inteiro sentado na frente de um computador, que por sua vez também são diferentes daquelas de uma mulher na menopausa. Por isso, o plano alimentar deve ser individualizado. “Fazer um atendimento personalizado é ideal para orientar um plano alimentar de acordo com as necessidades de cada paciente”, explica a médica.

A adoção de uma dieta sem o apoio e o acompanhamento de um nutricionista pode comprometer os níveis de vários nutrientes. Pode até mesmo causar ou piorar um problema de saúde, inclusive aqueles que o paciente nem sabe que tem. Por isso, é importante procurar ajuda para verificar como está saúde e se há falta ou excesso de nutrientes, por meio de exames físicos e laboratoriais.

 

Dietas radicais não podem ser feitas sem ajuda de um nutricionista

 


Paula orienta a fugir de dietas radicais, que geralmente são feitas em um período curto e com acompanhamento para que não haja
distúrbio de vitaminas. “Às vezes, a pessoa tenta emagrecer, sem sucesso, mas está com distúrbio hormonal ou problema na tireoide, os hormônios sexuais não estão adequados ou há deficiência mineral. É importante procurar orientação para conseguir melhores resultados”, aconselha a especialista.

No entanto, existem algumas dicas que servem para qualquer pessoa que deseja emagrecer ou se alimentar bem: “De forma geral, a pessoa pode começar a modificar a alimentação, comendo alimentos mais naturais e fugindo do excesso de industrializados e fast food“. Entretanto, se um paciente deseja tratamento específico e com redução significativa de medidas e peso, é necessário também procurar o auxílio de um profissional habilitado.

 

Dra. Paula Paixão de Madrid Whyte é nutróloga, especializada em Clínica Médica e é integrante do Núcleo de Nutrologia da Clínica Bruno Vargas, em Belo Horizonte (MG). CRM-MG: 49673.

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
dieta
emagrecer

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Iniciar uma dieta sem consultar um nutricionista oferece riscos à saúde?"

Renata

Meu peso e 86k tenho 44 anos e trabalho numa cozinha industrial… o dia tdo… não faço exercício fisico….. qual a dieta que vc me indica…. não tenho a tiróide alterada … meus exames estão ok

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Renata, conforme informado na matéria a adoção de uma dieta sem o apoio e o acompanhamento de um nutricionista pode comprometer os níveis de vários nutrientes. Pode até mesmo causar ou piorar um problema de saúde, inclusive aqueles que o paciente nem sabe que tem. Por isso, é importante procurar ajuda para verificar como está saúde e se há falta ou excesso de nutrientes, por meio de exames físicos e laboratoriais. Procure o nutricionista para que ele possa indicar a dieta mais adequada para você. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.