Qual a importância de controlar a ansiedade durante o tratamento contra a obesidade?


  • +A
  • -A

Quando um indivíduo sofre de ansiedade, a tendência é que ele compense essa sensação incômoda em algo para se sentir aliviado. Por isso que é muito comum pessoas ansiosas comerem de forma exagerada. Consequentemente, este comportamento pode levar o indivíduo à obesidade às complicações associadas.

“A ansiedade, quando patológica, leva o indivíduo a ter preocupações exageradas com situações do dia a dia e apresentar sintomas diversos, como taquicardia, compulsões, dor de cabeça, descontroles hormonais, fobias, sudorese intensa, etc. Como vários destes sintomas levam o paciente a procurar comida no momento da crise e geralmente com uma ingestão exagerada, torna-se necessário controlar a ansiedade do paciente”, explica a nutricionista Ana Paula Moura.

 

Dicas para que o paciente ansioso consiga evitar a compulsão alimentar

 

Para que o paciente ansioso consiga efetivamente evitar a compulsão alimentar e perder peso, é essencial lançar mão de algumas estratégias para o controle da ansiedade. Em primeiro lugar, é fundamental ter em mente que um paciente compulsivo não deve ter um tratamento inicial de restrição drástica do alimento. O consumo deve ser reduzido gradualmente e realizado em um acordo entre o nutricionista e o paciente.  “Retirar o alimento de uma vez trará mais sofrimento para o paciente, o que o afastará dos hábitos alimentares novos que estará aprendendo”, afirma Ana Paula.

 

Importância do acompanhamento psicológico e do tratamento medicamentoso

 

O trabalho com um psicólogo também é ideal para que o tratamento contra a obesidade seja feito de uma melhor maneira. “Este profissional será capaz de identificar uma possível causa da compulsão e ansiedade. A recuperação do paciente fica muito mais rápida e eficiente assim”. O tratamento medicamentoso (remédios emagrecedores) também merece destaque e deve, se recomendado pelo médico, seguir em paralelo com o controle da ansiedade.

 

Ana Paula Moura é nutricionista, graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), e especialista em Fitoterapia e Terapia Nutricional Enteral e Parenteral. CRN: 95100221

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
ansiedade
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Qual a importância de controlar a ansiedade durante o tratamento contra a obesidade?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.