Quais são os riscos do abandono do tratamento para osteoporose?

  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença degenerativa e crônica que compromete toda a estrutura óssea, aumentando significativamente o risco de fraturas sérias. Mesmo assim, você pode controlar a doença com o tratamento adequado, que ajuda a retardar a progressão da doença, além de reforçar os níveis de cálcio nos ossos. Não aderir ou abandonar esse tratamento, no entanto, aumenta o risco de complicações.

“Quando as lesões na arquitetura óssea causadas pela osteoporose estão presentes, elas são praticamente irreversíveis mesmo com o tratamento medicamentoso. Os remédios atuais não revertem a osteoporose, portanto, o tratamento tem como principal objetivo evitar a progressão da doença”, afirma a ginecologista Adriana Martins.

Medicamentos são essenciais no tratamento da osteoporose


O profissional da área de saúde, ao indicar um tratamento, tem em vista que a ação do medicamento ocorre durante um determinado período, o qual deve ser seguido. “Portanto,
não cumprir corretamente o tratamento indicado significa que você está sob um grande risco de não ter a sua saúde restabelecida”, pontua Adriana.

Segundo a especialista, a escolha do tratamento depende da causa da osteoporose, como por exemplo excesso de reabsorção óssea ou por criação de massa óssea deficiente, e de outras doenças associadas. “Existe a parte do tratamento que é não medicamentosa (mudanças no seu estilo de vida), entretanto o tratamento com medicação é primordial. Um tratamento de osteoporose não pode seguir sem o uso de medicamentos”, afirma.

Alimentação e exercícios também ajudam no controle da osteoporose


Além dos remédios, você pode tratar a osteoporose com a adoção de uma alimentação saudável, rica em nutrientes variados (especialmente o cálcio, que é vital para fortalecer os ossos), além de atividades físicas. Os exercícios ajudam a desenvolver articulações e músculos, o que ajuda a fortalecer os ossos, fragilizados pela doença, contra impactos.  

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Adriana Martins

Dra. Adriana Martins

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 38347 / RS

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são os riscos do abandono do tratamento para osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.