Por que a osteoartrite é mais comum em idosos?

  • +A
  • -A

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2015, 15 milhões de brasileiros sofrem com a osteoartrite. A doença, também conhecida como artrose ou osteoartrose, causa o desgaste da cartilagem das articulações e produz como consequência alterações nas estruturas ósseas do corpo.

A osteoartrite nos idosos

O problema atinge principalmente os idosos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% das pessoas com mais de 65 anos apresentam osteoartrite. “É muito mais comum nos idosos devido ao envelhecimento da cartilagem, um processo degenerativo natural do nosso corpo”, afirma o ortopedista Lucio Nakada.

A cartilagem é responsável por revestir a articulação e, assim, protegê-la. Quando o esqueleto se desenvolve por completo, as células que compõem suas estruturas não dão mais respostas na mesma velocidade. Inicia-se, portanto, um processo de desgaste que se acentua a partir da velhice. A articulação fica mais vulnerável e os movimentos do corpo podem causar dor e inchaço.

Outros fatores de risco

Além da idade avançada, existem outros fatores de risco que favorecem o surgimento da osteoartrite. A obesidade, o sobrepeso e os esforços físicos repetitivos, como uma prática esportiva capaz de provocar lesões, podem forçar a cartilagem e as articulações. A osteoartrite também surge secundariamente a outras doenças, como doenças metabólicas e endócrinas.

Segundo Nakada, a prevenção para o problema é difícil: “A degeneração ocorrerá independentemente de qualquer tratamento indicado, mas é possível minimizar seus efeitos com exercícios físicos, como fisioterapia, infiltração de ácido hialurônico e medicações.” Em casos mais graves, o paciente pode se submeter a cirurgias para impedir a progressão rápida da doença.

Dr. Lucio Nakada é ortopedista e traumatologista e atua em São Paulo. CRM-SP: 87965

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Lucio Nakada

Dr. Lucio Nakada

Ortopedia e Traumatologia

CRM: 87965 / SP

TAGS
osteoartrite

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

24 comentários para "Por que a osteoartrite é mais comum em idosos?"

Jaime Eloi Gomes

Bom dia. Eu tô com esporão no calcanhar. Como e o tratamento. Obrigado.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Jaime, o tratamento para o esporão de calcâneo pode envolver diversas medidas, quem podem incluir: Exercícios de alongamento, compressa gelada, repouso, massagem nos pés, etc. Em alguns casos, o médico pode prescrever mediações e até cirurgia de correção. Desejamos sorte no tratamento. Abraços!

Hilda Pereira Gomes

Tenho problemas de artrose sofro demais com dores nas articulacões, se puderem imdiquem um remedio que possa me ajudar. Já fiz mais de duzemtas fosioterapias.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Hilda, geralmente o tratamento da artrose envolve medicações anti-inflamatórias e analgésicos, além de exercícios físicos de leve à moderado e fisioterapia. Sobretudo, é vital que haja um acompanhamento médico para que um tratamento adequado seja prescrito. Desejamos sucesso no tratamento. Até a próxima!

Miriam

Bom dia eu tenho 52 anos e já estou com esse problema . Queria saber se com o RPG OU FISIOTERAPIA AJUDA A AMENIZAR A DOR. OBRIGADA

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Miriam, cada paciente precisa ser avaliado individualmente antes de iniciar qualquer tratamento. Para controlar a dor e os demais sintomas, além do avanço da doença, é essencial a utilização de medicamentos capazes de aliviar os incômodos e de retardar a degeneração da cartilagem. O tratamento fisioterápico também permite o alívio da dor, assim como medidas que visam o reequilíbrio muscular e postural. Consulte seu médico para que ele possa indicar o tratamento mais adequado para você. Até a próxima.

Ester Cristina Martins de Almeida

Parabéns pelo artigo, bem esclarecedor!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ester, agradecemos seu comentário e ficamos felizes por saber que a matéria lhe trouxe conhecimento e sanou as duvidas sobre o tema abordado. Continue acompanhando novas matérias com diversos temas sobre saúde doenças e tratamentos diversos. Até a próxima.

Dagmar

Boa tarde! Tenho 62 anos sempre fui muito cuidadosa com minha saúde. Prático caminhadas, corrida de rua, montanhismo e rapel.nas de julho de 2018 comecei sentir forte dores nas articulações e de lá pra cá, só tem piorado me impossibilitando da prática de atividades físicas. Já tomei vários medicamentos mad nenhum deles esta fazendo efeito.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Dagmar, com o passar dos anos, a cartilagem que protege as articulações começa naturalmente a se desgastar, num processo que pode resultar em uma doença chamada osteoartrite, que causa dor nas articulações, procurar um médico para fazer o diagnóstico correto é essencial para o controle da doença. A reumatologista Dra. Marcelle Leal faz a seguinte recomendação: “Vale lembrar que a osteoartrite é a mais comum das formas de artrite e, portanto, é necessário diferenciá-la de outras doenças articulares. O reumatologista é o especialista mais indicado para diagnóstico e tratamento”. Converse com seu médico para que seja identificado a causa dos seus sintomas e seja indicado o tratamento mais adequado para você. Abraços.

Aurelio Godinho

Descobrimos a doença em mim com meus 33 anos. Hoje com 37 anos faço academia para condicionamento físico, sessões de câmara hiperbárica e medicação diária, porém as dores ainda incomodam bastante.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Aurelio, seguir o tratamento indicado é crucial para amenizar os sintomas da doença trazendo melhora na sua qualidade de vida. Desejamos sucesso no seu tratamento. Abraços.

Tania

Sou professora de Educação Física e não consigo ficar em pé por muito tempo… imagina minha situação…

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Tania, é realmente uma situação difícil. Existem algumas estratégias que podem ajudar no controle da osteoartrite. Recomendamos uma consulta com um médico ortopedista para que o melhor tratamento seja empregado ao seu problema. Abraços!

Francisco SergioPires Campelo

Vou fazer um relato, que não quero usar como nenhuma vantagem, simplesmente agradeço à Deus.Em novembro farei 70 anos, 1.67 altura, 56 kg, aos 27 anos rompi todos os ligamentos do joelho esquerdo, joguei futebol até os 50, as vezes saia do lugar, inchava. Quando me abaixo, a coluna desencaixa, na parte inferior. Ando e nado no Porto da Barra, toda 3a, 5a ando 45 min, sábado 65min, no mar, nado 200 m, Estou em Salvador há 24 anos, só uma vez fiquei resfriado. Não tomo banho quente, gosto de tomar banho de chuva. Como tudo( pouca gordura), bebo 4 latas de cerveja por mês.Durante 30 anos fui drogado, parei sozinho. Em 2015 tive uma forte depressão, estou bem melhor, sem nenhum remédio.Trabalho em vendas de Turismo em Salvador. Aos poucos estou recuperando a minha FelicidadeE

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Francisco. Obrigado por compartilhar seu relato conosco ele é muito importante para nós. Ficamos felizes por saber da sua melhora e que hoje você leva uma vida normal e saudável. Continue por aqui parar receber mais matérias e dicas sobre saúde e tratamentos. Até a próxima.

Simone

Tenho 43 anos e tenho osteartrose na maoria das articulações, faço um tratamento a 1 mês com Dual, Motilex, artrolive, vitamina D e Dolamin flex, gostaria de saber se está correto, pois as dores acabaram e agora já perdi peso e faço atividade fisica ( hidroginástica, pilates).

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Simone. Obrigado por compartilhar seu relato. Ficamos felizes por saber da sua melhora. Cada paciente possui sua particularidade e só é possível a indicação do tratamento mais adequado diante de uma consulta presencial com o especialista. Vale ressaltar que é crucial seguir o tratamento indicado com comprometimento e responsabilidade afim de trazer maior controle dos sintomas e melhor qualidade de vida para você. Abraços.

Fernando

OLá, sou farmacêutico e colaborador no Jornal da minha esposa – Gazeta de Muriaé – gostaria muito de publicar artigos do cuidados pela vida em nosso semanário. Seria na forma de parceria, ou seja sem custos para os dois lados. A coluna poderia ter o mesmo título, os artigos publicados na íntegra e com referência ao autor e ao site cuidados pela vida. O que vocês acham da ideia?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Fernando. Agradecemos por compartilhar seu comentário. Encaminhamos sua sugestão para o setor responsável ter ciência de seu interesse. Até logo.

Maria aparecida oliveira do nascimento

A minha patroa sente essas dores os pés dela fica muito inchado

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria. Buscar atendimento com o reumatologista é crucial para identificar a causa dos sintomas e assim iniciar o tratamento adequado. Dessa forma é possível trazer maior controle dos sintomas e maior qualidade de vida para a paciente. Até logo.

Maria A lima

Tenho 57 anos , tenho etnia de disco na lombar e serviçal, sinto muitas dores o ortopedista me receitou fazer pilates .sera que vai melhorar as dores

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria. Seguir o tratamento indicado pelo especialista com comprometimento e responsabilidade é importante para que o tratamento seja eficaz, e assim trazer maior controle dos sintomas e melhor qualidade de vida para você. Continue por aqui para receber mais matérias e informações como essa. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.