Moradora do Pará ameniza dores da osteoartrite no joelho com tratamento


  • +A
  • -A

Problemas articulares e ósseos são muito comuns e exigem tratamento com utilização de medicamentos específicos para amenizar os sintomas. Dor local e dificuldade de executar movimentos são sinais bem marcantes nesses quadros que dificultam bastante a vida, atrapalhando ou até mesmo impedindo a realização de diversas atividades.    

 

Dificuldades trazidas pelo desgaste do joelho

 


Este é o caso de Vilma E. S, de 48 anos, que mora em Tucumã, PA, e trata um desgaste ósseo no joelho que vinha sendo um grande incômodo em sua vida. “Antes de iniciar o tratamento
sentia muita dor no joelho e ele ficava muito inchado. Depois que comecei a tomar o remédio esses sintomas diminuíram, melhoraram bastante”, afirma.

De acordo com Vilma, os sintomas desse desgaste no joelho dificultavam a realização de movimentos simples, como abaixar, andar e levantar objetos pesados, o que prejudicava atividades como cuidar da casa, ir à rua e trabalhar. “Na realidade eu ainda sinto essas dificuldades, mas antes de iniciar a medicação, era bem pior”, diz.

 

Boa relação com médico e expectativa para cirurgia no futuro

 


Logo que começou a utilizar a medicação, Vilma sentia um pouco de sonolência, o que a incomodava. Depois de conversar com o seu médico, ele passou a medicação para a noite, ao invés da manhã, que era quando ela costumava tomá-la, e a sonolência durante o dia acabou. “Gosto muito do meu médico e temos uma relação ótima. Ele me acompanha desde o início, me orienta e explica tudo de maneira clara, então me sinto segura com ele”, avalia Vilma.

Ela conta que o tratamento é acompanhado por um médico de Anápolis, GO, então ela precisa viajar até lá para as consultas, realizadas de seis em seis meses. A paciente diz ainda que vai fazer uma cirurgia no joelho futuramente. “O uso do remédio tem sido muito importante para controlar o problema enquanto eu ainda não fiz a cirurgia”, explica Vilma. A opção cirúrgica pode trazer consequências graves e, por isso, é um recurso recomendado apenas em casos graves de desgaste ósseo.

 

Importância dos exercícios físicos para tratar e prevenir o desgaste do joelho

 


O desgaste do joelho ocorre muito em função do sobrepeso e do sedentarismo e, por isso, a prática de atividades físicas é muito importante para tratar e prevenir esse problema. “A prática de exercícios físicos é recomendada para pacientes com dores nas articulações, mais especificamente o alongamento e os exercícios de fortalecimento, como a musculação”, afirma o ortopedista Roberto Ranzini.

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Roberto Ranzini

Dr. Roberto Ranzini

Ortopedia e Traumatologia

CRM: 70975 / SP

TAGS
dor-no-joelho
ossos
osteoartrite
superacao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

5 comentários para "Moradora do Pará ameniza dores da osteoartrite no joelho com tratamento"

Ana Angélica

Qual o medicamento?

Vera camargo

Tenho artrose e as dores estão piorando. Já fiz cirurgia do menisco e tratei com glicosamato e condroitina. O resultado foi fraco. Atualmente uso Uc 2. Só por 3 meses, pouca resposta. O q devo fazer? Obrigada

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Vera, 3 meses é um tempo razoável. Você continua fazendo acompanhamento médico? É importante que reporte esses resultados ao médico que receitou o medicamento para que, se for o caso, ele ajuste a dosagem ou indique outro tratamento.

Geuza Maria albino pereira

Meu joelho não doi mas estala alto qdo flexiono. Sinto na ponta do dedos qdo segurseguro nele. É desgaste?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Geuza, é complicado diagnosticá-la apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.