Osteoporose: Ter a pele muito branca é um fator de risco para doença?


  • +A
  • -A
Imagem do post Osteoporose: Ter a pele muito branca é um fator de risco para doença?

A osteoporose se caracteriza pela diminuição progressiva da densidade óssea, o que faz com que os ossos passem a ficar ocos, finos e muito sensíveis, com elevados riscos de fratura. Diversos fatores contribuem para o desencadeamento da doença e um deles é a tonalidade da pele. Quanto mais clara ela for, maiores as chances da osteoporose se manifestar.

Vitamina D e cálcio contra a osteoporose


“A pele branca é um fator de risco para osteoporose. Tal relação pode estar associada ao menor nível sérico de vitamina D encontrado nessas pessoas com menos melanina”, explica o ortopedista Guilherme Falótico. Para indivíduos com pele clara, se torna, portanto, ainda mais importante buscar fontes dessa vitamina para evitar a doença.

O Sol é a fonte principal de vitamina D, mas ela também pode ser encontrada em alimentos como gema de ovo, peixes de água salgada e fígado. Outra substância muito importante para garantir o fortalecimento dos ossos e evitar a osteoporose é o cálcio. Ele está presente, principalmente, nos laticínios e, em menor quantidade, em algumas frutas, verduras, peixes e cereais.

Fatores de risco e prevenção para osteoporose


Além da pele branca e da deficiência em cálcio e vitamina D, há diversos outros fatores que se relacionam diretamente com a maior propensão em se desenvolver a osteoporose. “História familiar da doença, pessoas baixas e magras, asiáticos, deficiência na produção de hormônios, medicamentos à base de corticoide, heparina e no tratamento da epilepsia, imobilização e repouso prolongados, sedentarismo, tabagismo e consumo de álcool, são outros exemplos”.

A prevenção da osteoporose pode ser, então, feita através da busca de hábitos saudáveis, tais como não fumar, não consumir bebidas alcoólicas em excesso, praticar atividades físicas regulares, realizar dieta rica em alimentos que contenham cálcio e expor-se de 20 a 30 minutos por dia à luz solar. “A reposição medicamentosa de cálcio e de vitamina D deve ser indicada em mulheres que não consigam obter níveis normais desses componentes de forma natural”, enfatiza.

Dr. Guilherme Falótico é ortopedista, traumatologista e especialista em cirurgia do quadril pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp). CRM-SP: 128925

Foto: Shutterstock

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Osteoporose: Ter a pele muito branca é um fator de risco para doença?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.