Osteoporose: a doença pode se manifestar com dor?


  • +A
  • -A

A osteoporose é conhecida por ser uma doença silenciosa, ou seja que cursa sem sintomas. Porém, como o quadro muitas vezes resulta em fraturas e comprometimento ósseo no geral, esses efeitos acabam provocando dores nos locais acometidos. Portanto, com o controle adequado da doença, os riscos de fraturas diminuem e de dores também, por consequência.

“A osteoporose é silenciosa e assintomática em estágios iniciais, antes que aconteçam as fraturas. Em muitos casos, o problema é detectado apenas em estado avançado, com a deformação de ossos que provoca dor crônica, ou quando ocorre fratura”, informa a ginecologista Fernanda Torras.

Evolução da osteoporose até que as dores se manifestem


Segundo o ginecologista Dr. João Luiz Scaff, os locais mais afetados pela osteoporose e, portanto, com maior frequência de fraturas, são: punho, quadril e fêmur. “É essencial realizar exames periódicos para averiguar se há alterações na estrutura óssea, especialmente nessas áreas do corpo.
A densitometria óssea é o exame que vai identificar se os ossos estão fracos e finos e de quanto é a perda em questão, servindo de alerta para a prevenção e tratamento”.

No princípio da doença, podem surgir algumas pequenas fraturas, mas ainda assim sem sintomas de dor. Com o passar dos anos, caso o paciente não se trate adequadamente, a tendência é de que o quadro evolua com dor. “A osteoporose pode levar a deformidades de coluna vertebral por microfratura, por exemplo, e causar por conta disto dor crônica vertebral. No caso de fratura súbita, aparecerá a dor localizada”, afirma Fernanda.

Cuidados para evitar fraturas e dores

Para evitar fraturas e, consequentemente, dores nos ossos e articulações, o paciente necessita se engajar em um tratamento adequado, capaz de frear o avanço da perda de massa óssea e fortalecer os ossos. Para isso, é essencial o uso de medicamento específico que previne a perda de densidade óssea e o consumo de nutrientes fundamentais para os ossos, como o cálcio e a vitamina D, que podem ser encontrados tanto na dieta quanto em suplementos.

Dra. Fernanda Torras é graduada em medicina com residência médica em ginecologia obstetrícia na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Possui pós-graduação em mastologia e oncoplastia mamária também pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. CRM: 130.332

Dr. João Luiz Scaff é ginecologista e obstetra, graduado pela Faculdade de Medicina de Campos e atua em São Paulo. CRM-SP: 60053

Foto: Shutterstock

TAGS
dores-no-corpo
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Osteoporose: a doença pode se manifestar com dor?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.