Osteoporose: é preciso fazer cirurgias para tratar fraturas em ossos frágeis?


  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença ligada ao envelhecimento do corpo. O problema surge a partir dos 40 ou 50 anos e é mais comum em mulheres. Causa o enfraquecimento dos ossos devido à redução acentuada da absorção de minerais pelo esqueleto, sendo o cálcio o mais importante. Sedentarismo, alimentação pobre em cálcio, histórico familiar e doenças, como artrite reumatoide e diabetes são importantes fatores de risco.

Casos mais indicados para cirurgias

A maior fragilidade dos ossos em pacientes com osteoporose aumenta o risco de fraturas. “Quando elas acometem os membros inferiores e impossibilitam a locomoção, a melhor opção para evitar complicações mais graves é o tratamento cirúrgico”, afirma o ortopedista e traumatologista Mauricio de Paiva Raffaelli. Segundo o médico, na maioria das vezes, as fraturas atingem pacientes com idade avançada.

Dois métodos cirúrgicos bastante utilizados são a vertebroplastia e a cifoplastia, especialmente nas fraturas de coluna. A primeira consiste na introdução de cimento ortopédico no osso e a segunda utiliza um balão de ar para abrir um espaço no osso e, depois, inserir o cimento ortopédico, a fim de consertar a fratura e a deformidade por ela causada.

O período pós-cirúrgico

Ao realizar o tratamento, o ortopedista não recomenda que o indivíduo fique totalmente imóvel: “Durante o tratamento das fraturas provenientes de osteoporose, os pacientes devem permanecer em repouso para a consolidação da fratura, mas não acamados, porque o imobilismo causa outros problemas.” Por outro lado, aqueles sem fraturas devem realizar atividades físicas, como a musculação, como parte do combate à doença.

Não é possível estimar um tempo para a recuperação da cirurgia, já que há inúmeros fatores que influenciam no processo. “A recuperação das fraturas depende do local da fratura, grau de desvio, idade do paciente e nível da osteoporose. Sabemos que pacientes com osteoporose tendem a ter retardo da consolidação das fraturas”, ressalta Raffaelli.

Dr. Mauricio de Paiva Raffaelli é ortopedista, traumatologista e especialista em cirurgia de ombro e cotovelo. CRM-SP: 101523

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "Osteoporose: é preciso fazer cirurgias para tratar fraturas em ossos frágeis?"

Edson Silvino Barbosa da Silva

Gostei de ter acesso ao programa

Margarete

Gostaria de saber, apos ter contraído. A doença, a minha perna esta ficando torta para dentro e tenho muita vergonha, tem como fazer cirurgia. E deixar minha perna reta. Novamente

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Margarete, converse com o médico que te acompanha para que ele indique as opções de tratamento para o seu caso. Abraços.

Elisabete Aparecida Paschoal Goor

Gosto de ficar por dentro da saúde e gostei de saber pois estou com osteoporose.

Fatima

tenho artride reumatoide desde meus 30 anos, hoje tenho 55 anos, faço acompanhamento, mas existe algum remedio natural para aliviar dores???

Renato David

gostaria de saber se existe algum estudo indicando a probabilidade de necrose da mandíbula usando Ibandonatro durante de cinco anos na necessidade de implante dentário

Lusinete

Gostaria de saber se uma pessoa com 90 anos com problemas de osteoporose, estou falando de minha mãe, pode fazer cirurgia ortopédica, pois ela quebrou o braço próximo ao pulso.Obrigada

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Lusinete, para que se possa verificar a possibilidade de um processo cirúrgico para a sua mãe, é necessário uma consulta presencial e exames para se identificar a possibilidade de efetuar este procedimento ou qual tratamento seria mais adequado. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.