Osteoartrite: Por que é recomendado fazer exercícios na piscina?

  • +A
  • -A

Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), cerca de 85% das pessoas terão, até os 75 anos, evidências radiológicas de osteoartrite, a doença reumática mais frequentemente observada nos consultórios de reumatologia. Trata-se de um desgaste das cartilagens das articulações que geram sintomas como dores, alterações nos ossos e até dificuldade de movimento. A prática de atividades físicas é recomendada como parte do tratamento, especialmente exercícios na piscina.

Exercícios na piscina ajudam a reforçar os músculos


A reumatologista Evelin Goldenberg afirma que nos casos de osteoartrite,
as atividades físicas feitas na água são recomendadas porque aumentam a estabilidade articular e reforçam a musculatura, diminuindo o impacto sobre a cartilagem, que poderia intensificar a doença. “Os exercícios podem ser feitos tanto na piscina, quanto no solo, o mais importante é quem orienta. Muitas vezes exercícios malfeitos e mal orientados podem gerar agravo do quadro”, explica.

O sedentarismo também é um fator de risco para o agravamento da osteoartrite. Músculos fortalecidos evitam que as cartilagens sejam sobrecarregadas e as protegem de atividades que poderiam gerar traumas. Além das práticas feitas na piscina, também são indicados exercícios como musculação leve, pilates e bicicleta, que promovem uma amplitude de movimento e flexibilidade, ideais para os pacientes em casos mais avançados.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 150 minutos de atividades físicas leves ou moderadas por semana. Esse tempo pode variar de acordo com cada caso e necessidade, assim como a intensidade e tipo de exercício. É fundamental procurar um especialista para obter uma avaliação e para verificar possíveis históricos de doenças, traumas e lesões. Os profissionais indicados são ortopedistas, reumatologistas, fisioterapeutas e educadores físicos.

Dieta especial pode ajudar um quadro de osteoartrite?


A SBR afirma que não há comprovação científica que algum tipo específico de alimentação pode trazer efeitos benéficos no tratamento de osteoartrite. Os únicos casos são os de dieta para redução de peso nos pacientes com obesidade, já que a condição é um fator importante para o desenvolvimento de osteoartrite, principalmente nos joelhos. As juntas presentes nos membros inferiores suportam o peso do corpo, por isso qualquer perda de peso é relevante tanto na prevenção quanto no tratamento da doença.


Dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR):
https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/osteoartrite-artrose/

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Evelin Goldenberg

Dra. Evelin Goldenberg

Reumatologia

CRM: 69640 / SP

TAGS
ossos
osteoartrite

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Osteoartrite: Por que é recomendado fazer exercícios na piscina?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.