Por que o consumo de álcool é um fator de risco para osteoporose?

  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença bastante frequente entre pacientes da terceira idade e se caracteriza por um processo que enfraquece a estrutura dos ossos e aumenta o risco de fraturas. Um importante fator de risco para osteoporose, apontado pela Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), é o consumo excessivo de álcool.

Bebidas alcoólicas reduzem a quantidade de cálcio no corpo


“O álcool pode desencadear alguns efeitos negativos no organismo, principalmente em pacientes com osteoporose ou predispostos a desenvolver a doença. É que o álcool ingerido atua no organismo de forma a diminuir as reservas de cálcio e, consequentemente, faz com que os ossos fiquem fragilizados”, afirma o ortopedista Paulo Kanaji.

Existe ainda um outro aspecto do consumo de bebidas alcoólicas que merece ser destacado. “A pessoa, ao consumir álcool, pode sofrer alteração no equilíbrio e no sistema nervoso periférico, o que aumenta o risco de quedas e, como consequência, aumenta a chance de quebrar algum osso“, explica o especialista.

Sedentarismo também é fator de risco para osteoporose


De acordo com Dr. Kanaji, quem gosta de vinho ou cerveja, por exemplo, não precisa parar de beber. O ideal é optar pela moderação: uma taça de vinho por semana é uma quantidade segura. Essa recomendação vale especialmente para quem já tem outro fator de risco para a osteoporose. Entre eles estão:

História familiar da doença;

– pessoas de pele branca, baixas e magras;

– pouca exposição à luz solar;

– sedentarismo; 

alimentação deficiente em cálcio e vitamina D;

– imobilização e repouso prolongados;

– tabagismo. 

Dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR): https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/osteoporose/

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Paulo Kanaji

Dr. Paulo Kanaji

Ortopedia e Traumatologia

CRM: 113296 / SP

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que o consumo de álcool é um fator de risco para osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.