Como é feita a suplementação de vitamina D nos casos de osteoporose?

  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença marcada pela perda da massa óssea, segundo a Biblioteca Virtual em Saúde, vinculada ao Ministério da Saúde. Isso significa dizer que, com o passar do tempo, os ossos se tornam frágeis e podem ser fraturados com mais facilidade. O tratamento da osteoporose pode envolver a suplementação de vitamina D. Quer saber como isso funciona? Continue lendo esta matéria para descobrir!

Qual é o papel da vitamina D na saúde dos ossos?

De acordo com o ortopedista Paulo Kanaji, o nutriente é fundamental para a saúde óssea. “A vitamina D exerce papel essencial na manutenção da fisiologia óssea e, portanto, na prevenção e tratamento da osteoporose. Ela age regulando a concentração de cálcio e fósforo em nosso organismo e age aumentando a absorção desses sais minerais no intestino”, afirma o especialista. 

“Quando há a deficiência da vitamina D no organismo, é maior o risco de quedas e fraturas, devido à fraqueza muscular. Em adultos, os ossos se tornam frágeis (osteoporose), com riscos de fraturas espontâneas”, alerta o médico. Portanto, formas de adquirir boas quantidades de vitamina D são importantes para o tratamento da osteoporose. 

Como fazer suplementação de vitamina D?

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que, antes de iniciar a suplementação de vitamina D, é preciso que um médico faça o diagnóstico da osteoporose e recomende o aporte desse nutriente como forma de controlar a doença. É fundamental que a suplementação de vitamina D seja feita junto ao aporte de cálcio, já que essa associação promove uma diminuição da perda de massa óssea e redução na quantidade de fraturas, segundo estudos. Pode ser necessária também a associação de medicamentos que diminuam a reabsorção óssea. 

Além da suplementação, vale lembrar que a vitamina D pode ser adquirida por meio da exposição aos raios solares. São necessários de 15 a 20 minutos pela manhã para que o corpo produza esse nutriente. Isso pode ser complicado para alguns pacientes, como idosos e acamados, e impactar na dosagem da suplementação. A quantidade ideal será indicada pelo médico com base em alguns critérios, como estilo de vida do paciente, uso de certos medicamentos, grau de mobilidade e nível de deficiência nutricional. 

 

Fonte: https://www.scielo.br/j/rbort/a/ZxDnrjs3pFTmc74WytMLXXr/?lang=pt 

Dados da Biblioteca Virtual em Saúde: https://bvsms.saude.gov.br/osteoporose-7/ 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Paulo Kanaji

Dr. Paulo Kanaji

Ortopedia e Traumatologia

CRM: 113296 / SP

TAGS
osteoporose
vitamina-d

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como é feita a suplementação de vitamina D nos casos de osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.