O consumo de cálcio reduz o risco de fraturas na osteoporose?


  • +A
  • -A
Imagem do post O consumo de cálcio reduz o risco de fraturas na osteoporose?

A osteoporose é uma doença que provoca o enfraquecimento dos ossos e é mais frequente entre as mulheres depois da menopausa. Uma das mais graves complicações da doença é o risco de fraturas. Com o esqueleto fragilizado, pequenas contusões podem causar a quebra de um osso, mas os riscos do desenvolvimento da doença podem ser drasticamente reduzidos com o consumo de quantidades adequadas de cálcio durante toda a vida.

 

Alimentação rica em cálcio é essencial para prevenir fraturas

 


“O consumo de cálcio é um dos pilares da redução do risco de fraturas em pessoas com osteoporose. Grupos populacionais que consomem menos de 800 miligramas de cálcio por dia têm 2,8 vezes mais chance de apresentar fratura de quadril”, afirma a clínica médica Stella Marandola. 

A alimentação é uma das mais importantes fontes de cálcio. “Leite e seus derivados, como queijos, coalhada e iogurte, além de aveia, feijão, castanhas e folhas verde-escuras são alimentos ricos em cálcio”, cita a profissional. Um copo de leite de 200 mililitros, por exemplo, fornece aproximadamente 248 mg de cálcio ao corpo. Já 200 gramas de coalhada contêm em torno de 480 mg do nutriente, enquanto quatro folhas de couve crua têm cerca de 135 mg da substância.

Ainda assim, muitas pessoas não conseguem atingir as metas diárias de cálcio. Uma das formas de aumentar a quantidade desse nutriente é por meio da suplementação, que deve ser indicada por um especialista. Existem diversos suplementos de cálcio no mercado, em diferentes formatos, como comprimidos e tabletes mastigáveis. Os tabletes mastigáveis oferecem algumas vantagens, como a facilidade de engolir e sabores agradáveis, que acabam estimulando o consumo diário.

 

Sedentarismo atrapalha depósito de cálcio nos ossos

 


O consumo de cálcio não só está relacionado à prevenção de fraturas ósseas, como também ajuda a prevenir a própria osteoporose. Por isso, a ingestão desse nutriente deve ser feita com cuidado desde a infância. Além do cálcio, é importante adotar hábitos de vida saudáveis, que também atuam contra a doença. É o caso da exposição à luz do sol, que é a principal fonte de vitamina D, nutriente
essencial para a absorção do cálcio.

Na prevenção e no tratamento da osteoporose, é importante também praticar exercícios físicos regularmente. “A atividade física, além de melhorar o equilíbrio, diminuindo o risco de quedas, possibilita também o adequado depósito de cálcio nos ossos, o que não ocorre nas pessoas com ingestão adequada de cálcio, porém sedentárias”, explica Stella. As melhores opções são aquelas que geram tensão muscular, fortalecendo o esqueleto.  

 

Dra. Stella Lucia Marandola Santiago é clínica médica e atua no Hospital Vitória, em São Paulo. CRM-SP: 155513

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
calcio
ossos
osteoporose
suplementos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O consumo de cálcio reduz o risco de fraturas na osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.