A puberdade precoce sem tratamento pode gerar problemas no futuro?

  • +A
  • -A

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, puberdade precoce é o quadro no qual crianças manifestam antes do normal características típicas dessa fase de transição entre infância e adolescência. Esse problema provoca sintomas que podem se perpetuar no resto da vida do indivíduo, por isso o tratamento adequado deve ser adotado o quanto antes. 

Complicações da puberdade precoce


“A puberdade precoce é definida pelo
aparecimento das características sexuais antes dos oito anos nas meninas e antes dos 9 anos nos meninos. É importante que os pais e pediatras estejam atentos aos sinais, como início das mamas e pêlos (meninas) e aumento dos testículos e pêlos também no caso dos meninos”, informa a pediatra Cintia Lago.

Segundo a especialista, a puberdade precoce pode causar menarca nas meninas e baixa estatura em ambos os sexos, o que pode impactar toda a vida adulta dos pacientes, caso o tratamento adequado não seja adotado desde o início dos sintomas, ainda na infância. A atenção dos pais a esses sinais é crucial para que seja possível obter diagnóstico e tratamento rápidos.

Tratamento contra puberdade precoce


Caso seu filho apresente sintomas suspeitos, o indicado é levá-lo ao médico especialista (endocrinopediatra) para que ele, primeiro, analise o quadro. Caso haja confirmação do transtorno, deverá ser indicado um tratamento pautado em bloquear o eixo hormonal do paciente, para impedir a progressão das características sexuais. 

Mais precisamente, esse tratamento se baseia no uso de medicamento aplicável (injeção) com substância capaz de inibir a liberação de hormônios sexuais. A aplicação, normalmente, é mensal ou trimestral e é indicada até o momento em que a criança atingir a fase da puberdade (por volta dos 12 anos de idade), para que, aí sim, o desenvolvimento possa ocorrer no período correto.   

 

Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria: 

https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/desenvolvimento/puberdade-precoce/

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Cintia Mirella Lago da Fonseca

Dra. Cintia Mirella Lago da Fonseca

Pediatria

CRM: 982822 / RJ

TAGS
crescimento

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "A puberdade precoce sem tratamento pode gerar problemas no futuro?"
Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.