Por que diabéticos costumam ter problemas na cicatrização de feridas?


  • +A
  • -A
Imagem do post Por que diabéticos costumam ter problemas na cicatrização de feridas?

O diabetes é uma doença que tem preocupado órgãos de saúde do mundo inteiro. Além da conhecida alteração metabólica que resulta em defeitos na ação da insulina, deixando os doentes sempre preocupados e vigilantes, há outro problema que os afeta: a dificuldade no processo de cicatrização de feridas no corpo.

Por que existe uma dificuldade na cicatrização?

O problema com a cicatrização é causado pela alteração das funções dos leucócitos. “A hiperglicemia constante e mal controlada altera a função dos leucócitos aumentando o risco de sangramento e prejudicando os processos inflamatórios e de cicatrização”, explica a nutricionista Patricia Rodrigues. Por isto, mesmo em casos de um ferimento pequeno ou um corte mais superficial, é importante observar como a pele reage para evitar que se transforme em uma infecção.

Como se proteger?

A nutricionista explica que uma alimentação saudável vai ajudar a regular os níveis de glicose no sangue e também fornecer as vitaminas e nutrientes essenciais para melhorar o processo de cicatrização. “Quantidades adequadas de proteínas, carboidratos, ingestão de vitamina C, zinco e selênio são fatores importantes para auxiliar a cicatrização”, indica Patricia, que reforça a importância do paciente procurar seu médico para ser orientado com os cuidados adequados.

Os principais cuidados em casos de feridas

Quando uma ferida surgir, atente-se! A dermatologista Ericka Aguiar aponta as principais recomendações em feridas em pacientes diabéticos:

 Se houver algum machucado, lavá-lo com água limpa e sabão e depois cobri-lo com curativo seco

 Aplicar somente cremes ou pomadas indicados pelo médico

 Manter os pés limpos, lavando-os todos os dias com água morna, secando-os com cuidado (principalmente entre os dedos). Também evite passar hidratante entre os dedos

 Usar calçados confortáveis e garantir que as meias não estejam furadas nem tenham costuras fáceis de machucar

 Evitar andar descalço mesmo dentro de casa

 Estar atento a qualquer alteração da pele no local e ao redor da lesão: cor, temperatura, sensibilidade, dor ou dificuldade de movimento

 

Dra. Patricia Rodrigues é graduada em gastronomia & culinária, nutrição e pós-graduada em nutrição clínica. CRN4: 11101136

Dra. Ericka Aguiar é dermatologista do Centro Multidisciplinar Fluminense. CRM 52.80766-4

TAGS
diabetes

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que diabéticos costumam ter problemas na cicatrização de feridas?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.