É possível ter crises de hiperglicemia ou hipoglicemia mesmo com o diabetes controlado?


  • +A
  • -A

O diabetes é uma doença crônica que atinge quase 9% da população brasileira, segundo o Ministério da Saúde, e provoca o descontrole das taxas de açúcar no sangue, o chamado índice de glicemia. Seu tratamento tem como objetivo manter a glicemia sob controle e, assim, evitar episódios de hiperglicemia e hipoglicemia para garantir uma boa qualidade de vida aos pacientes.

No entanto, mesmo com a doença controlada, alguns diabéticos podem passar por crises. “O paciente pode apresentar hiperglicemia, por exemplo, por infecção, estresse emocional ou libação alimentar, que são os excessos na alimentação”, afirma a endocrinologista Gabriella Rivelli Ramos. A especialista afirma que, para atingir um bom controle do diabetes, você pode ter, eventualmente, alguns episódios de hipoglicemia.

 

Hiperglicemia provoca sede intensa, hipoglicemia causa tontura

 

Para perceber o aumento ou a redução da taxa de açúcar, é preciso conhecer os sintomas de cada situação. “Os sintomas da hiperglicemia são excesso de sede, aumento do volume urinário e, em casos mais graves, pode haver perda de consciência”, explica a profissional.

Já nos casos de hipoglicemia, você pode apresentar sudorese, tremor, tontura e palpitação. Nos quadros mais complicados, o baixo índice glicêmico no sangue pode provocar convulsões, inconsciência e até levar o paciente à morte.

Para se prevenir dos dois casos, é fundamental adotar alguns cuidados que devem fazer parte do tratamento de qualquer pessoa diabética. “É importante manter o horário das medicações, não atrasar as refeições e seguir as orientações da nutricionista em relação à quantidade de carboidratos, gorduras e proteínas por refeição”, recomenda Gabriella.

 

Como tratar situações de hiperglicemia e hipoglicemia

 


Já em situações emergenciais, ao perceber os sintomas iniciais da hipoglicemia, a endocrinologista aconselha
ingerir açúcar ou mel e aguardar 15 minutos antes de verificar o índice glicêmico novamente. Nos casos graves, você pode precisar da ajuda de terceiros para esfregar açúcar em sua gengiva, para que ele chegue rapidamente à corrente sanguínea, ou administrar glucagon subcutâneo, um hormônio que atua no sentido oposto da insulina, ou seja, aumenta o nível de glicose no sangue.

Para hiperglicemia, o paciente deve se manter hidratado e administrar insulina de ação rápida ou ultrarrápida. Em alguns casos, é necessário ir ao atendimento médico de emergência. Além disso, é fundamental que você, ao ser diagnosticado com diabetes, deixe os familiares e os amigos informados sobre a doença, para que eles não sejam surpreendidos por uma eventual crise e saibam quais são os primeiros passos do socorro.

 

Dra. Gabriella Rivelli Ramos é endocrinologista e atua como médica socorrista do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. CRM-RJ: 85188-4

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
diabetes
glicose
hipoglicemia
insulina

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "É possível ter crises de hiperglicemia ou hipoglicemia mesmo com o diabetes controlado?"

Marcos Breda

Bom dia. Tenho diabetes tipo 2 e meço todo dia e está bem controlada. Durante o período noturno, diminui e até deixo de consumir carboidratos, consumindo apenas saladas e proteínas e com isso percebi que minha glicose em jejum melhorou bastante, isso procede ???? Também gostaria de umas informações se possível; estão sendo comercializados produtos como os nomes NaturalD e ControlPro; dizem que são produtos naturais e autorizados pela ANVISA, porém não são comercializados em farmácia, gostaria de saber sobre estes produtos ??

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Marcos, sugerimos que procure um nutricionista para auxiliar no tratamento. Abraços.

Rode Araujo

Muito boa a informação. Principalmente para se perceber os sintomas da hiperglicemia.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Rode, ficamos muito felizes que você tenha gostado da matéria. Nossa intenção é que todos tenham acesso a informação e possam assim cuidar da saúde. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Almir de Marins Azevedo

Bom dia,eu faço o tratamento do diabetes, desde 2013,ano no qual numa consulta com o médico urologista,ele mandou fazer o Isame, completo e a glicose estava,270,mas no maior pico,nunca ultra passou esse 270, hoje faço dieta,me alimento do que posso comprar, porque estou desempregado,seguir a receita da Nitlologa,ficar difícil, hoje eu mantenho a glicose pela manhã de 80-130 e a noite, depois da janta ou seja antes de dormir 110-170,me alimento pela manhã, café e biscoitos creme crack,uso só no café açúcar orgânico, almoço só feijão amassado com abóbora com um pedaço de carne ou frango e salada de tomate e jiló ou alface,uso o adoçante em sucos, já perdi no mês passado 4 kilos,e até o final do ano,chegar ao peso ideal,no caso da minha altura,que é 1.77,a médica falou obesidade grau 3, estou fazendo o que posso,para me manter saudável,embora eu trate do diabetes e depressão e tiróide T4,o que não entendo é que eu tentando controlar o açúcar no sangue,na perna esquerda o tornozelo está inchado e aparece umas bolas de água,istora e vira machucado.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Almir, temos em nosso site uma matéria que pode esclarecer sua dúvida, segue o link:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/diabetes/pe-diabetico-entenda-como-age-essa-complicacao-associada-doenca
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Evaldo Freire Gomes e

Fico muito grato pelas excelentes informações.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Evaldo, ficamos felizes que você tenha gostado da matéria. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.