Trocar a medicação usada para controlar o diabetes sem autorização médica pode prejudicar seu tratamento!


  • +A
  • -A
Imagem do post Trocar a medicação usada para controlar o diabetes sem autorização médica pode prejudicar seu tratamento!

Existem diversas medicações para serem utilizadas no tratamento do diabetes e a escolha delas vai depender das particularidades de cada paciente. Antes da medicação ser escolhida, o especialista analisa as características do indivíduo e, a partir delas, define o remédio ideal para você. Portanto, mudar essa medicação sem aconselhamento profissional pode prejudicar o tratamento.   

 

Importância de não trocar a medicação do diabetes sem consultar um médico

 

“Cada paciente tem um perfil e existem várias medicações para tratamento do diabetes, sendo que cada medicamento possui um mecanismo de ação, dose, efeitos colaterais. Existe até um algoritmo que sugere a cronologia das medicações, sempre respeitando e considerando cada caso. Quando o médico avalia o paciente e prescreve a medicação, devemos considerar que a conduta resultou de uma análise individual”, explica a endocrinologista Mariana Guerra.

Quando o médico prescreve sua medicação, ele leva em consideração uma série de variáveis, como idade, peso, tempo de diagnóstico do diabetes, doenças associadas, medicações em uso prescritas por outros especialistas, função dos rins, função do fígado, condição cardíaca, entre outros. “A medicação escolhida contempla, em última análise, uma série de informações importantes reunidas”, pontua Mariana.

 

Trocar de medicação sem autorização médica pode ser perigoso para a saúde

 

Segundo a especialista, trocar de medicação sem avaliação médica pode, além de atrapalhar o tratamento, trazer riscos para a sua saúde. “Efeitos colaterais pouco prováveis para um paciente podem ser comuns e muito danosos para outros. Um exemplo seria hipoglicemia com medicações que promovem aumento da secreção de insulina para casos sem indicação deste tipo de abordagem”, afirma a endocrinologista.

Em resumo, o mais aconselhado é seguir à risca o uso do medicamento proposto, além do tratamento como um todo, que contempla outras medidas importantes. Além do remédio, é fundamental que você seja bastante disciplinado na manutenção de hábitos de vida saudáveis, fundamentais para o controle do diabetes. Manter uma alimentação equilibrada, sem excessos, e uma rotina de atividade física regular, buscando evitar o sobrepeso e a obesidade, é um passo necessário a todos os pacientes.

 

Dra. Mariana Guerra é endocrinologista, formada pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória e atua em Vitória (ES). CRM-ES: 7019

Foto: Shutterstock

TAGS
diabetes
glicose
hipoglicemia
insulina

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Trocar a medicação usada para controlar o diabetes sem autorização médica pode prejudicar seu tratamento!"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.

x