Diabetes: descubra a importância de fazer o tratamento mesmo se a alimentação estiver controlada


  • +A
  • -A
Imagem do post Diabetes: descubra a importância de fazer o tratamento mesmo se a alimentação estiver controlada

Quando diagnosticado com diabetes tipo 2, o paciente deve ter em mente que seus hábitos precisarão mudar em muitos aspectos, já que os níveis elevados de glicose no sangue podem levar a complicações graves de saúde. O tratamento para diabetes, além da medicação, é pautado primordialmente em duas coisas que dependem muito do paciente: força e disciplina. Isso porque de nada adianta seguir as recomendações médicas se, de vez em quando, o diabético sai do controle. Perceber o que é a doença e como ela age no organismo é fundamental para evitar suas possíveis complicações.

Entendendo o diabetes

O diabetes afeta a capacidade do organismo de converter o açúcar presente no sangue em energia. Quem controla esse processo é um hormônio chamado insulina, que permite que o açúcar (na forma de glicose) no sangue possa penetrar nas células. Quando ocorre a falta da insulina ou a sua incapacidade de exercer adequadamente seus efeitos, a glicose no sangue aumenta e é instalado o quadro de diabetes.  “Os tratamentos para diabetes sempre devem ser apoiados em três pilares: alimentação, medicação e atividade física”, explica a nutricionista Caroline Codonho.

A importância do tratamento de diabetes

O tratamento normalmente indicado para diabetes pode ser realizado com medicação via oral e insulina, mas a alimentação adequada é um fator-chave nesse processo. “O paciente em tratamento deve ter muita atenção com a qualidade dos carboidratos ingeridos, que devem ser controlados, assim como preferir sempre os mais complexos, que tem absorção mais lenta e com isso farão menos pico de liberação de insulina”, explica Caroline. Porém, mesmo com a alimentação controlada, é importante manter o foco em todo o tratamento, fundamental para reduzir riscos associados ao diabetes. “O diabetes é uma doença crônica e, por isso, a manutenção do tratamento e o acompanhamento médico e nutricional devem ser constantes”.

Disciplina e ajuda profissional fazem a diferença

Quando o tratamento é realizado de forma adequada, não há motivos para pânico. O paciente passa a ter a sua condição controlada, podendo manter uma vida normal e ativa. No entanto, nada disso é possível sem a disciplina diante do que pode e não pode durante o tratamento. “A disciplina é fundamental, pois para o equilíbrio dos níveis de açúcares sanguíneos, devemos ter um padrão de ingestão de carboidratos”, explica a nutricionista, que também comenta sobre a dificuldade que muitos pacientes enfrentam ao tentar cuidar da alimentação sem a ajuda profissional adequada. “O nutricionista pode orientá-los para todas as situações da vida deles que envolvam a alimentação como, por exemplo, o que fazer em uma festa ou quais as recomendações para uma alimentação associada à prática esportiva”.

 

Dra. Caroline Codonho é nutricionista, especialista em Fisiologia e Metabolismo com aplicação em Atividade Física e Nutrição, especialista em Saúde da Família e Comunidade (Medicina Preventiva). CRN4 13100445

 

TAGS
diabetes

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Diabetes: descubra a importância de fazer o tratamento mesmo se a alimentação estiver controlada"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.