Quais são os primeiros sintomas da síndrome de borderline?


  • +A
  • -A

A síndrome de borderline é uma doença psiquiátrica pouco conhecida, mas é considerada grave pelas principais organizações de saúde ao redor do mundo. O problema provoca sintomas que tornam os pacientes emocionalmente instáveis, sempre no limite, e por isso, também é chamada de transtorno de personalidade limítrofe.

 

Dificuldade para controlar emoções é um dos sintomas da síndrome de borderline

 

“Pessoas com transtorno de personalidade borderline apresentam instabilidade emocional importante e apego inseguro, que decorrem de uma hipersensibilidade em regiões neurológicas responsáveis por controlar emoções”, afirma o psiquiatra Giovani Missio. Isso significa que, por exemplo, quando esses pacientes passam por situações estressantes, eles sofrem muito mais do que as pessoas sem a doença.

Além disso, quem tem a síndrome de borderline apresenta baixa resiliência, ou seja, uma grande dificuldade para se adaptar e superar dificuldades ao longo da vida. Segundo o médico, essa característica fica mais visível na falta de autoconfiança e de empatia, o que faz com que os pacientes desenvolvam relacionamentos inadequados.

 

Síndrome de borderline pode afetar amigos e familiares

 

Uma das principais marcas da síndrome de borderline é que seus sintomas não afetam apenas o doente, mas também prejudicam o relacionamento com outras pessoas. “O paciente busca no outro uma forma de ter segurança. Qualquer ameaça de perda ou de afastamento é sentida pelo paciente como um sofrimento insuportável”, diz o médico.

Assim que os primeiros sintomas aparecerem, o paciente deve procurar ajuda de um profissional para diferenciar a síndrome de outras doenças mentais, como transtorno bipolar e transtornos de ansiedade, e iniciar o tratamento adequado. O diagnóstico será feito pela história clínica do paciente, avaliando principalmente se há um padrão de relacionamentos que envolva a hipersensibilidade emocional e o apego inseguro.

 

Dr. Giovani Missio é psiquiatra, graduado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). CRM-SP: 127682

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Giovani Missio

Dr. Giovani Missio

Psiquiatria

CRM: 127682 / SP

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

17 comentários para "Quais são os primeiros sintomas da síndrome de borderline?"

Pãmela

Olá e se a pessoa foi diagnosticada e depois de muito tempo em tratamento parou com a medicação?Esse transtorno é pra vida inteira?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Pãmela, o ideal é conversar com o médico que prescreveu o medicamento, somente um profissional da saúde especializado pode informar quando pode parar de utilizar os remédios e se é necessário voltar a utilizar. Fale com seu psiquiatra, pois ele já sabe o seu diagnóstico e histórico. Um grande abraço.

A. Ricardo

Minha filha foi diagnosticada com transtorno bipolar, está medicada, estabilizada mas pelo que li neste artigo ela tem apresentado as características emocionais da Síndrome de Borderline. Quais seriam os remédios usados nesta Síndrome, diferentes do transtorno bipolar (ela usa Depakote e Aristab)? Obrigado.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ricardo, após realização de exames. Conforme informado na matéria o paciente deve procurar ajuda de um profissional para diferenciar a síndrome de outras doenças mentais, como transtorno bipolar e transtornos de ansiedade, e iniciar o tratamento adequado. A indicação do medicamento só pode ser realizado em uma consulta presencial após a constatação da doença. Procure um Psiquiatra para que ele possa identificar a doença e inciar o tratamento. Abraços.

Claudia fernanda de Souza

Boa tarde,minha filha de 20 anos provavelmente tem síndrome de boderline ou síndrome de Hulk,ela está tendo surtos e ficando histérica e psicótica,devo procurar um psicólogo ou psiquiatra ?Na rede pública tem médicos ?Desde já agradeço!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Claudia. Conforme informado na matéria, assim que os primeiros sintomas aparecerem, o paciente deve procurar ajuda de um profissional para diferenciar a síndrome de outras doenças mentais, como transtorno bipolar e transtornos de ansiedade, e iniciar o tratamento adequado. O profissional mais adequado para você buscar ajuda é o Psiquiatra. Referente aos médicos na rede pública de saúde, orientamos que você busque informações diretamente com os órgãos responsáveis. Qualquer dúvida estamos à disposição. Até logo.

Rosilaine Oliveira

Minha filha tem 18 anos e a um ano foi diagnosticada com a Síndrome de Borderline. Ela está em tratamento psiquiátrico e faz psicoterapia. Gostaria de saber se existe a possibilidade de uma vida normal ou se o paciente borderline vai ser instável por toda a vida necessitando de cuidados e atenção especial.

Alessandra

Em 2007 fui diagnosticada com essa patologia, fiquei internada na época. Hoje faço tratamento para TAB, fico me perguntando se não erraram no diagnóstico nesta época.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Alessandra. É importante seguir o tratamento indicado pelos especialistas. O psiquiatra é o profissional mais capacitado para indicar a doença e o tratamento mais adequado. Desejamo sucesso no seu tratamento. Até logo.

Elaine Correa

Gostaria de saber mais sobre os sintomas. É possível?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Elaine. Temos algumas matérias que trazem mais informações sobre essa patologia. Clique no link abaixo e confira. Até logo.

https://cuidadospelavida.com.br/busca/s%C3%ADndrome%20de%20borderline

Denísia Maria

Boa tarde, Entendo que: instabilidade emocional – penso eu(F32 – seja característica básica de todas as doenças mentais, bem como dependência, apego, insegurança, etc., etc.,Quem pode me esclarecer o que quer dizer: “Instabilidade Emocional Importante” e “Apego Inseguro”? O que exatamente difere transtorno bipolar e transtorno de ansiedade generalizado de transtorno de borderline? É a intensidade dos sintomas, é isso???

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Denísia. O psiquiatra Dr. Marcelo Calcagno Reinhardt, a síndrome de borderline, também conhecida como transtorno de personalidade borderline, é uma doença psiquiátrica caracterizada pela instabilidade emocional que provoca sentimentos intensos e que mudam rapidamente. Além disso, os pacientes tendem a ser muito impulsivos e a ter problemas com relacionamentos, com a autoimagem e com o afeto. Para tratar a síndrome de borderline, a realização da psicoterapia é uma medida fundamental, já que permite ao paciente entender seu quadro com mais profundidade e, assim, controlar suas emoções e reações com mais facilidade. Abraços.

Aparecida Ávila de souza

E importante conhecer os cuidados que devemos ter qd trabalhamos com crianças e jovens,as vezes o comportamento dos mesmos nos faz ir em busca de conhecimentos para ajuda-los.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Aparecida. Continue por aqui para receber mais informações e dicas sobre saúde, doenças e tratamentos. Até breve.

Sandra Groth

Achei a matéria bem interessante e gostaria de saber se uma criança muito ansiosa e com medo de ficar um tempo sozinha, ou sempre querer dormir com alguém, ou ter atitudes como os bebês de falar pode ser um tipo dessa síndrome.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Sandra. Para identificar se existe a presença de alguma síndrome é crucial buscar atendimento com o pediatra e relatar essas informações, após exames será identificado se existe alguma síndrome e/ou patologia e será indicado o tratamento mais adequado de acordo com as necessidades do paciente. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.