Ficar sozinho pode fazer bem a um paciente com depressão?

  • +A
  • -A

A depressão é um dos distúrbios psiquiátricos mais comentados nos últimos anos e tem diversas mudanças comportamentais como sintomas, que variam desde a tristeza até irritabilidade e perda ou aumento de peso. Mesmo com debates cada vez mais frequentes e com a divulgação de informações sobre a doença, o problema ainda gera dúvidas e é alvo de estigmas.

O isolamento ajuda o depressivo a se sentir melhor


Ao falar sobre a doença, algumas pessoas acreditam que o isolamento certamente agravaria um quadro de depressão. Segundo o psiquiatra Diego Freitas Tavares, a situação é diferente: “O isolamento é um dos sintomas do distúrbio e não agrava o quadro. É uma maneira que o depressivo encontra de se sentir seguro e melhor”.

Existe a crença de que um paciente com depressão precisa estar rodeado de pessoas para melhorar ou ainda que ficará triste ao ficar sozinho, o que não é verdade, segundo o médico. O depressivo se isola, na verdade, porque a presença de outras pessoas ou a permanência em ambientes públicos e cheios incomodam-no intensamente.

A vontade de se resguardar e ficar só deve ser respeitada pela família e pelos amigos, sem cobrança ou julgamento. “É como se alguém que tivesse feito uma cirurgia nas vistas fosse obrigado a ser exposto a ambientes luminosos. Nesses casos, os familiares perceberiam que o ambiente prejudicaria, mas quando se trata da depressão, ainda há muitas ideias equivocadas sobre o que faz a pessoa melhorar”, compara o psiquiatra.

O convívio com outras pessoas pode agravar a depressão


Realizar mudanças na vida e no ambiente em que o depressivo vive pode até melhorar os sintomas, mas não reverte o quadro como um todo. A depressão não é uma tristeza que demanda esforços familiares para animar o paciente. É um quadro emocional que precisa de tratamento especializado. O suporte de familiares e amigos também é importante, mas julgamentos, cobranças, e ironias podem piorar a depressão.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Diego Freitas Tavares

Dr. Diego Freitas Tavares

Psiquiatria

CRM: 145258 / SP

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

53 comentários para "Ficar sozinho pode fazer bem a um paciente com depressão?"

Marcos

Como paciente sentindo na pele os efeitos desta doença, não concordo em alguns pontos. O isolamento AGRAVA a situação, não é uma maneira de se sentir seguro e sim a falta de animo para sair de casa. È uma escada sem degraus para subir. Sei que preciso sair, respirar novos ares, quero isto, porem não há animo. O simples fato de ter que se arrumar, procurar uma roupa mais adequada, pentear os cabelos, colocar um sapato ao invés de um simples chinelo….isto já é o suficiente para desistir de sair. A presença em locais públicos tornam-se irritantes sim, porem se dá pelo fato de NÂO CONHECER as pessoas ali, de não querer conhece-las, de ter raiva delas por qualquer motivo. Até mesmo pelo fato de terem escolhido fazer o que eu escolhi. (estas pessoas não tem o que fazer?precisavam vir aqui?). Por tanto o isolamento é uma forma de evitar pelo menos um sintoma, a irritação. O isolamento me torna mais triste.A crença de que precisamos de pessoas em volta È VERDADE! Porem precisamos de pessoas que conhecemos, que realmente gostamos, que nos fazem bem apenas por estarem ali sem nem precisar dizer uma só palavra. O meu cachorro é uma delas. As vezes vou na casa de um amigo e converso intensamente, estou bem, quase não sinto nada de ruim. Mas saindo de lá basta entrar no carro sosinho, é como se jogar num poço. A mudança é repentina. O isolamento não é bom. Pessoas desconhecidas em volume não é bom. As vezes tudo o que quero é chorar, mas não consigo. È muito facil me emocionar assistindo a um filme, mas muito dificil correr uma lagrima pelo que sinto no cotidiano. As pessoas que me conhecem e que eu gosto dificilmente percebem algo em mim. Sou o cara conversador, que quer fazer graça, chamar a atenção. Poucas foram as vezes que eu estava com o olhar perdido e alguém percebeu e perguntou o que eu tinha. A resposta sempre foi a mesma. Estou cansado hoje.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Marcos, entendemos seu ponto de vista. Na matéria lemos que “A depressão é um quadro emocional que precisa de tratamento especializado”. “Como se trata de uma doença estigmatizada, há uma certa relutância para procurar a ajuda de um psiquiatra”. Entendemos que é importante você buscar ajuda profissional, pois o médico poderá identificar seu quadro e te auxiliar nas questões apresentadas, além disso seria interessante você dividir isso com seus amigos, pois eles também podem ajudar.Abraços

Jessica

Realmente. Só me sinto bem quando to sozinha

Mariana

Concordo 100% com o que foi dito!às vezes as pessoas ficam te sugerindo sair, ver amigos, etc e essas cobranças só pioram o estado de uma pessoa que não tem forças nem para fazer as coisas mais simples.Ò isolamento pode ser necessário. O mais importante é que as pessoas ao redor não julguem!! E que quem sofre procure um tratamento especializado.

Bruno Vieira

Olha, eu já acho que não é bem assim que funciona na prática! Pois, para se isolar tem que estar bem consigo próprio primeiro e ocupar o próprio tempo com hobbies e atividades físicas que façam bem.Ficar preso no próprio mundo só piora, a pessoa se sente inútil, frustrada e assim o quadro só piora com o tempo. Além disso, tem que entender que a felicidade não significa ter dinheiro, muitos amigos, um namorado/a e nem ter uma família, isso é questão de atitude. Portanto, descubra algo que você gosta de fazer: pintar, praticar um esporte, tocar um instrumento, praticar um esporte, fazer caminhadas, maratonas, alpinismo, etc… aí depois disso estará feliz consigo próprio. Nunca dependa de nada, nem de ninguém para ter paz de espírito porque pode ter nervos de aço que não vai aguentar kkkkkkkkEu me sinto bem sozinho, mas só consegui me sentir bem depois de arrumar um hobby e de parar de me apegar a pessoas, coisas, etc… pois nada disso depende de mim e ninguém na vida estará satisfeito com a sua pessoa independente de como você for.

Sandra

Gente meu esposo está com depressão e prefere esse isolamento. O que eu não entendo é que ele já saiu duas vezes de casa e ficou em sua mãe , ele disse que procura solitude . Sinto que o prazer dele somente é no trabalho e ficar isolado depois que volta. Alguém pode me ajudar a entender isso. Por favor!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Sandra, como informa o psiquiatra Diego Freitas Tavares, essa é uma maneira que a pessoa encontra de se sentir seguro e melhor. O suporte de familiares e amigos é muito importante. A depressão é um quadro emocional que precisa de tratamento especializado, por esse motivos nós do Cuidados pela Vida aconselhamos que você incentive seu marido a realizar uma consulta médica para entender melhor o que sente e receber as orientações médicas necessárias. Abraços.

Valquiria

Sofro de depressão e terceira fez que tenho ,mas essa vez fiquei tão mal que fiquei mais de 2 anos afastada do trabalho. Tem 8 meses que voltei a trabalhar pq fui indeferida pq meu psiquiatra estava de férias . Enfim estou fazendo crise novamente mesmo sendo acompanhada por psicólogo e psiquiatra e acho que para piorar sou agente comunitário de saúde, onde acho que meu ambiente de trabalho está me fazendo muito mal Acho que muitas pessoas ao redor não entendem a doença relacionada a saúde mental, sempre tem gente querendo julgar , achando que é uma questão de fé , ou até mesmo por não querer trabalhar. Além da depressão sempre vem junto a síndrome do pânico e o toc onde o desgaste é muito pior . Realmente as pessoas acham que tenho que sair mais , ver gente ,vir a festas mesmo que seja de família e não é isso que sinto vontade. Nesta próxima segunda tenho psiquiatra e eu não sei como vai ser , por ser dentro do meu ambiente de trabalho . Fiquei 8 dias atestada . Na data de hoje voltei e passei muito mal só de entrar na clínica da família. tenho pensado seriamente em pedir para ser afastada mas ao mesmo tempo acho que vou prejudicar a equipe que trabalho estou me sentindo sem rumo , mas sem vontade de estar lá . Gostaria muito de uma opinião.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Valquiria, lembre-se que o seu bem estar deve vir em primeiro lugar, pois só assim você vai conseguir contribuir com sua equipe. Se você não se sente a vontade para passar em uma consulta dentro do seu ambiente de trabalho, tente marcá-la em uma outra unidade de saúde, mas é importante que você mantenha o devido acompanhamento médico. Melhoras.

Denise

Olá, Boa tarde. Minha filha tem depressão. Toma remédios receitados pelo médico, faz terapia com a psicóloga, e já tentou suicídio.Sinceramente, não sei como ajudar. Se deixar sozinha faz Bem, ela deverá viver isolada o resto da vida?Se não gosta de falar, como podemos ajudar? E tem mais, esta juventude de hoje só fala virtualmente. “Amigos ” do face book sabem o que se passa com Ela, e nós não!!!! Não sei como agir.Em entrevista com a psicóloga e psiquiatra, nos é dito que o que ela trata com o terapeuta é confidencial pois já tem 24 anos…Se o profissional que a acompanha não nos orienta, ela não fala, como podemos ajudar? Se perguntamos estamos invadindo a privacidade, se não perguntamos, não estamos dando a atenção devida… Sinceramente? Fica difícil.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Denise, é realmente difícil. Quadros depressivos muitas vezes vêm acompanhados de culpa, pensamentos negativos e sentimentos de inutilidade. Tais sintomas, associados ao preconceito sofrido por doenças mentais, podem prejudicar a melhora e adesão ao tratamento de um paciente deprimido. Por conta desses fatos, o apoio de pessoas próximas, familiares e amigos, pode colaborar com o tratamento. Abraços.

marthins susan

Olá a todos. Eu sou Susan Marthins, eu só quero dizer um grande agradecimento ao Dr. Akpan, que usou seus poderes mágicos para trazer meu marido da mão de outra senhora. Depois de cinco anos de casamento com meu marido, Sr. Marthins, ele decidiu deixar-me e meus filhos para outra mulher. Quando eu estava navegando na Internet uma boa noite de sexta-feira, vi uma publicação no que diz respeito ao Dr. Akpan, eu decidi entrar em contato com ele, fiquei tão feliz que ele me respondeu ao mesmo tempo e resolvi meu problema. Quero agradecer muito ao Dr. Akpan. Eu digo que Deus abençoe você e sua família … estas palavras não serão suficientes para eu agradecer. O Dr. Akpan me ajudou com poucas acusações. Meu amigo, se você está lendo meu artigo e você tem esse problema, entre em contato com o Dr. Akpan para obter ajuda ….. Se você quer uma solução no seguinte problema também entre em contato com ele. 1) Se você deseja que sua esposa dê à luz crianças sem CS 2) Se você precisa de um bom trabalho ou promoção em seu local de trabalho 3) Se você deseja o seu ex-volta? 4) Se você está tendo pesadelos? 5) Se você quer se atrair para mulheres ou homens. 6) Se você quiser parar seu divórcio. 7) Se você quiser que seu negócio cresça graciosamente. 8) Você está tendo problemas com infertilidade e quer engravidar? 9) Você quer que seu amante ou paixão seja seu para sempre? Em seguida, entre em contato com o Dr. Akpan para obter ajuda. INFORMAÇÕES DE CONTATO Dr. AKPAN Telefone: 2347019473841 Whatsapp: 2348183640232 E-mail: Drakpantemple@outlook.com

Francisco Jr

Tenho depressão desde o início da juventude (vinte e poucos anos). No primeiro episódio depressivo, fiquei muito mal, não ia mais pra faculdade, reprovei cadeiras, não tinha mais interesse em nada, exceto em morrer. Minha mãe me levou a um psiquiatra e, com remédios e psicoterapia, voltei aos poucos à minha vida normal. Alguns anos depois, voltei a ter os mesmos sintomas. Procurei novamente um psiquiatra, mas desta vez os remédios não surtiram mais efeito e, após tentar várias medicações diferentes sem sucesso, tentei suicídio. Fiquei em coma e passei mais de 1 ano afastado, até que um psiquiatra conseguiu me tratar novamente. Passei mais alguns anos relativamente bem, com pequenas recaídas, chegando ao momento atual, em que me encontro muito deprimido, sem sonhos, sem ânimo, tudo que vou fazer parece que peso 200kg a mais, nada tem sentido. Moro longe da minha família, únicas pessoas especiais na minha vida, não tenho amigos, sou ateu (gostaria mas nunca senti a presença de Deus, não sei o que é sentir fé). Não vejo mais graça nenhuma em meu trabalho, tem muitos invejosos, não aguento mais viver longe da minha mãe e do meu pai. To fazendo tratamento com psiquiatra e psicólogo mas não está adiantando, não to vendo melhoras, e isso tá acabando com o pouco de esperança que ainda tenho. Às vezes penso que o melhor é morrer, mas não tenho coragem de deixar meus pais sozinhos, pois sei o que sofreram na minha tentativa de suicidio anterior.

Dani

Tenho um namorado francês, ele mora sozinho, não tem contato com a família. Fiquei com ele dois meses lá. Quando eu estava com ele, percebi que ele tem uma indisposiçao muito grande para sair de casa. Eu tinha que insistir muito. Mas, ele estava razoavelmente bem. Agora, voltei para o Brasil, no dia que peguei o aviao, senti que ele ficou pior. A minha dificuldade é que ele se isola a ponto de nao falar comigo. Entrei em contato com um amigo dele, ele disse que conhece ele hà anos e ele tem seus momentos. Ele tenta ligar para meu namorado, mas nada de resposta. Sabemos que ele sai para trabalhar apenas. Agora lendo todos esses relatos, estou me sentindo culpada, pois eu cobrei ele mil vez por nao falar comigo, como estou longe, minha situaçao é extremamente dificil. Gostaria de saber o que posso escrever para encorajà lo sem soar como cobrança. (desculpem os erros de acentuaçao, meu teclado é diferente).

Helisama

Eu concordo, amo ficar só, as pessoas me irritam, ai detesto, brincadeiras com depressão, odeio ter q. Ficar dando explicações do meu estado emocional as pessoas. Tem horas q.da vontade de.falar ne deixem em.paz. Para de tentar me fazer melhorar, eu ja to lutando pra isso. Entao sim é. Maravilhoso o isolamento. Otima materia parabéns

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Helisama, ficamos felizes que você tenha gostado da matéria. Desejamos sucesso em seu tratamento. Abraços.

Patrícia

Concordo. Ficar sozinha é sentir-me mais segura. Não suporto a ideia de ver as pessoas que conheço. Os estranhos só me incomodam se em excesso, locais movimentados são desconfortáveis.

Elis

Olá, concordo plenamente com a necessidade de estar só e recolhido em casa quando a dor da convivência se torna insuportável. Mesmo com ajuda psiquiátrica e psicoterapêutica, é como se necessitassemos de criar pele psiquica. Tenho apenas um receio, será que não aumenta a fobia social?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Elis, a depressão é um quadro emocional que precisa de tratamento especializado, e em certo momento esse ‘desejo’ de estar sozinho irá diminuir conforme ocorre a melhora do quadro. Converse com o seu médico para que ele possa te orientar. Abraços.

Tatiana Furquim

Meu namorado tem depressão…ou está deprimido, falta emprego, falta tudo…namoramos a 4 anos, mas também estou num momento da vida que não esta bom. Não sei como ajuda-lo, as vezes nem quero, ele suga minhas energias com tanta negatividade, com tanto pessimismo, além de ao mesmo tempo, querer a minha presença e atenção o tempo todo. Tenho filhos, tenho trabalho, tenho minha casa…e as cobranças estão cada vezes piores….ficar 1 hora sem dar um “oi” é motivo de briga…..não sei mais o que fazer….

Rita Miranda

Prefiro fiçar só. Infelizmente não tenho esse espaço (duas filhas adolescentes) muitas vezes quero chorar e gritar….me tranco no banheiro coloco o pano na bocasa e grito. Quando elas saem por aula aí aproveito pra chorar…sinto uma dor muito forte no meu peito uma dor na alma….

José Gerõncio Júnior

Tenho todos os sintomas de depressão. Inclusive vontade de morrer. Vou completar 50 anos e me sinto impotente. Doido para mudar de ambiente. Para completar sou autônomo Por aí tirem minha situação

Antônio

Eu tenho depressão estou atravessando um momento muito difícil,estou desempregado eu e minha mulher.Estou com medo de gastar tudo e fico em pânico.Uso rivotril de 2mg suspendi o fluoxetina por n estar né sentindo bem.Estou muito irritado ultimamente.Nao sei o que fazer.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Antônio, não é indicado alterar ou interromper o tratamento prescrito sem a autorização do médico. O ideal é que você retorne em consulta para que ele possa orientá-lo. Melhoras.

VOLNEI

Boa tarde, tenho minha esposa que está em depressão e mesmo frequentando psiquiatra e psicologo e tomando remédio diz que está bem..quer ir embora de casa com meus filhos dizendo que não me ama mais que não gosta mais de mim, em tempo até segurei ela em não deixar ir, cheguei no limite e empurrei ela pra ir embora, só que ja faz tempo que fica enrolando e se percebe que está indecisa, ja começou fazer dividas pra ajeitar um outro imóvel sem me consultar e descobri por outros. Na época da ultima gravidez a dois anos atrás ela se envolveu com um cara na empresa dela, por ja estar mal., só que foi por estar em depressão já e achar que a vida não tinha mais sentido. tenho pena dela estar assim, será que com a mudança de local ela vai melhorar da depressão, e voltar a sentir o que ela sentia antes da gravidez por mim?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Volnei, é complicado passar algum tipo de orientação sem conhecer o caso clínico de sua esposa. Na próxima consulta converse com o médico sobre os sintomas que ainda persistem para que ele possa te orientar. Abraços.

Paula

Eu amo ficar sozinha , mim sinto bem, as vozes das pessoas mim irritam. Goste de ficar calada o silêncio pra mim significa paz.

nilton

Prezados boa noite!Andei lendo as postagens dos senhores(a), e assim! estou passando por um momento delicado e maluco em meu relacionamento, estamos juntos a 4 anos, e a ela está com depressão, e desde então estão vindo aquelas enxurradas de picos de emoções e etc, o problema que isso é novo pra mim, então não sei como me comportar, pois tento me aproximar dela e ela fala que estou piorando, pois fico querendo saber se esta tudo bem e tal, achando que o problema é comigo e isso está agravando mais a situação tanto da saúde dela quanto nosso relacionamento, inclusive até morar separados ja foi cogitado, então pergunto! como devo me comportar para não piorar o quadro de saúde dela e não prejudicar meu relacionamento, devo me afastar assim como ela tem me pedido?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Nilton. Os transtornos depressivos podem causar imenso sofrimento, não somente à pessoa que está deprimida mas também àquelas que estão mais próximas dela. Se não for tratada, a depressão pode provocar um grande abalo na vida familiar. Sem dúvida, compreensão é a chave. Quanto mais uma família conhecer sobre depressão, mais bem preparados todos estarão para oferecer apoio na hora em que o familiar deprimido mais necessitar. Aprender tudo o que você pode sobre depressão e seus tratamentos disponíveis é uma das melhores formas de ajudar alguém a quem você muito estima (ou você mesmo) a entrar no caminho da recuperação. Sessões de psicoterapia também podem ser importantes para você. Não é fácil lidar com situações como essa, por isso, não hesite em buscar ajuda. Um abraço!

Nardeci Araújo da Silva

Estou escrevendo estas palavras em prantos pois não sei o que fazer.estou medicada mas não quero nada..só sumir pra onde não vejo ninguém.As vezes tenho vontade de fazer algo errado para ser presa.ai sim não vou ver ninguém.ninguem entendi fica me mandando tratar.ja faço isso.estou perdida com essa maldição.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Nardeci. Seguir o tratamento indicado é crucial para amenizar os sintomas da doença e trazer melhora na qualidade de vida. Temos mais uma matéria que poderá ser grande valor para você, com mais informações e dicas sobre o tratamento. Clique no link abaixo e confira. Até logo.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/depressao/depressao-terapia-acao-medicamentos

Paulo Júnior

De fato, sinto-me melhor muitas vezes quando fico sozinho. Infelizmente acontece comigo de forma recorrente de família e amigos “forçarem” minha saída. Creio que cada caso é um caso mas comigo essa matéria talvez ajude a algumas pessoas compreenderem que a melhora do meu quadro não está diretamente ligada a saídas e “baladas”. Algumas vezes consigo sair mas na maior parte prefiro estar em locais mais tranquilos e isso não me deixa triste ou mau humorado mas se for pressionado a fazer o contrário… é horrível!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Paulo. Agradecemos por compartilhar seu relato. Conforme informado na matéria o Dr. Diego Freitas Tavares afirma que realizar mudanças na vida e no ambiente em que o depressivo vive pode até melhorar os sintomas, mas não reverte o quadro como um todo. A depressão não é uma tristeza que demanda esforços familiares para animar o paciente. É um quadro emocional que precisa de tratamento especializado. Continue nos acompanhando para receber mais matérias e informações como essa. Até logo.

Marise

Penso que existem várias formas de depressão, varia de uma pessoa para outra, cada indivíduo tem uma percepção diferente….mas o que eu percebi , no meu caso, a necessidade de não continuar a fazer o que não gosta, aquilo que está te fazendo mal….. é difícil cortarmos uma situação e irmos para outra, no meu caso queria sair do serviço, aquele tormento de querer sair e não poder , devido a situação financeira que me encontrava, sem o emprego , quem pagaria minhas despesas, minha faculdade, então engole essa e vai ficando mais doente….interessante que algumas pessoas lidam bem com as adversidades da vida…..finalizando: – se der, saia do local que está te fazendo mal, ou então faça tratamento psiquiátrico e tb com psicólogo , para ter equilíbrio para enfrentar as adversidades da vida.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Marise. Agradecemos por compartilhar seu relato. Conforme informado na matéria existe a crença de que um paciente com depressão precisa estar rodeado de pessoas para melhorar ou ainda que ficará triste ao ficar sozinho, o que não é verdade, segundo o médico. O fator crucial para combater os sintomas da doença e trata-la de forma eficaz é buscar atendimento especializado. Continue nos acompanhando para mais matérias e informações como essa. Até a próxima.

Uedson Santos

Boa tarde. O meu problema psicologico aumenta minha pressão, me dar dor na nuca e dormência nas mãos. Já faço acompanhamento com a psiquiatra. Mais como estou desempregado faço UBER para ter uma renda extra mais e ultimamente não tenho vontade de sair de casa para rodar porque já começo a sentir os sintomas. Poderia me ajudar.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Uedson. A psicóloga Viviane Hultmann afirma que a depressão é um transtorno que exige o engajamento em um tratamento composto por psicoterapia e uso de medicamentos antidepressivos. Dependendo da intensidade do quadro, pode ser indicado ao paciente apenas a terapia, com boas chances de resultados positivos. Já quando a intensidade é moderada ou grave, os remédios são imprescindíveis para melhorar a resposta ao tratamento. Continue com o acompanhamento junto ao psiquiatra para combater a doença de forma eficaz. Desejamos sucesso no seu tratamento. Até a próxima.

Ronaldo

Ótimo texto!Primeiramente achamos que receber estímulos de outras pessoas nós fará sentir bem. Mas sem vontade alguma ter que lidar com os outros, principalmente os mais ignorantes no assunto é um karma. Sozinho em casa eu faço tudo como eu quero. Tomo banho qdo quero. Me alimento qdo quero. Faço exercícios se eu quiser. Saio pra dar uma volta se eu quiser etc.A solidão é nossa Parceira. Numa sociedade que valoriza tanto a extroversão e a interação, acabamos nos iludindo de que quem não tem sua panelinha é um estranho. Nada a ver.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ronaldo. Ficamos felizes por saber que você apreciou a matéria. Continue nos acompanhando para receber mais informações e dicas sobre saúde, doenças e tratamentos. Até a próxima.

Nardeci Araújo

Gostaria de ajuda

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Nardeci. Em que podemos ajuda-la?

Leila

Oi meu namorado teve uma crise de ansiedade muito grave , perdeu peso , não de cuidava e não saia de casa e muito menos queria contato com ninguém . Ele sentia dores mais não tinha nada e foi diagnosticado com psicossomático foi tomando medicamento e depois parou pq se sentia “ melhor “ tava levando sua vida normal . Feliz , engraçado até que ontem ele me disse que queria ficar só é que eu entendesse ele porque ele não queria sentir oque sentiu antes pois sua cabeça tava cheia e embaralhada e queria ter um tempo só dele . Eu não sei oque faço com essa ausência que ele me impôs eu deixo ele a só ? Ele vai saber oque fazer ?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Leila. Obrigado por compartilhar seu relato. O psiquiatra Diego Freitas Tavares afirma na matéria que, o isolamento é um dos sintomas do distúrbio e não agrava o quadro. É uma maneira que o depressivo encontra de se sentir seguro e melhor. Realizar mudanças na vida e no ambiente em que o depressivo vive pode até melhorar os sintomas, mas não reverte o quadro como um todo. A depressão não é uma tristeza que demanda esforços familiares para animar o paciente. É um quadro emocional que precisa de tratamento especializado. O suporte de familiares e amigos também é importante, mas julgamentos, cobranças, e ironias podem piorar a depressão. Até a próxima.

Incompleto anonimo

Oi. Não quero revelar meu nome porque tenho medo que alguém que me conhece veja esse comentário.Estou em depressão a 13 anos. Tudo começou quando me voltei pra igreja. Mudei radicalmente de vida mas agora vejo que foi por influência de pessoas. E pior.. pessoas da minha família. Cono deixei de ser quem eu era passei a ser perseguido por pessoas que não aprovaram minha mudança. Pessoas do mundo que não querem ser de deus e nem deixam os outros serem. Certo dia eu cai em pecado e cometi o erro de contar pra uma pessoa da minha família. Essa pessoa passou a me acusar sempre que eu não agia como ela queria. A Voz dessa pessoa ficou na minha cabeça me acusando. Fiquei tão mal que passei a espancar minha cabeça pra me livrar daquela voz me infernizando. Me tratei com psiquiatra e parei de me bater. Já faz um ano que fiz um tratamento de 2 anos e as vozes daquela pessoa que pra mim se tornou insuportável voltou. Me ajudem por favor, eu imploro.. 13 anos com esse inferno na minha cabeça e a única solução que vejo pra isso é o suicídio. Me ajudem.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, entendemos seu relato e nossa recomendação é que você retorne em uma consulta médica para receber novas orientações para minimizar o seu sofrimento. Gostaríamos muito de te ajudar, por favor encaminhe seu telefone com DDD para o e-mail contato@cuidadospelavida.com.br e assim que recebermos entraremos em contato com você. Aguardamos seu contato. Abraços

Anonimo

Preciso de ajuda.Quando eu era da igreja eu contei pra alguém que havia caído em pecado. Essa pessoa passou a me acusar direta e indiretamente. Desde então a voz dessa pessoa ficou na minha cabeça me irritando. Cheguei a espancar minha cabeça para me livrar dessa voz. Fiz tratamento mas a a voz ai da me persegue. Isso ja faz 13 anos. Sinto vontade de me matar pra resolver. O que eu faço?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, nossa recomendação é que você retorne em uma consulta com seu médico para nova avaliação. Para te ajudarmos precisamos do seu telefone com DDD. Por favor encaminhe para o e-mail contato@cuidadospelavida.com.br e assim que recebermos entraremos em contato com você. Aguardamos seu contato. Abraços

Marli

Procurar especialista?! Qual? Uma psiquiatra me recebeu dopada. Uma psicóloga entrava muda e saia calada, sem qualquer tipo de retorno. A outra, disse que eu lera muito e ela não tinha condicões de me ajudar. Além do que, quando relatei a cena em que tive o insight do abuso sofrido aos cinco anos pelo meu pai, ela disse que tbm teve o dela e isto contribuiu para a minha dispensa. Especialistas? Vão estudar psicologia e psiquiatria pq são tão pirados quanto nós…

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Marli. Entendemos que você não teve boas experiências com os profissionais que lhe atenderam. Porém, a ajuda médica é muito importante no tratamento da depressão, por isso não desacredite disso. Recomendamos que tente procurar ajuda médica novamente, pois de acordo com o nível de depressão de cada paciente, pode ser indicado um tratamento como terapia, mudança de hábitos, medicamentos quando necessário, entre outros. Abraços!

Leidiane

Concordo plenamente com o que vc falou, eu ja faco 6 anos que moro sozinha e a 6 meses os meus pais veio morar comingo, e eu estou entrando em um estado de depressao gravissimo, parece que me sinto melhor sozinha sem ninguem perto de mim a presenaca de qualquer pessoa me encomoda.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Leidiane. O fato de o paciente com depressão querer ficar sozinho ou um pouco isolado não agrava a depressão, porém o paciente não pode ficar refém somente do isolamento e deve procurar ajuda médica para que seja indicado o melhor tratamento. Abraços!

engano

olha que diz que gosta do isolamento esta se enganado a si mesmo e claro que isolado o quadro nunca mudara seres humanos não nasceram para viver sozinho e sim acompanhado a verdade e essa todas as pessoas que chega ao estagio de tirarem a própria vida são pessoas isoladas quem diz que isolamento e bom e um verdadeiro mentiroso de primeira

CUIDADOS PELA VIDA

Olá. A matéria esclarece que o fato de o paciente com depressão querer ficar sozinho ou um pouco isolado não agrava a depressão, porém o paciente não pode ficar refém somente do isolamento e deve procurar ajuda médica para que seja indicado o melhor tratamento. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.