A depressão é passageira ou precisa sempre de tratamento?


  • +A
  • -A
Imagem do post A depressão é passageira ou precisa sempre de tratamento?

A depressão é um transtorno psiquiátrico cuja característica mais conhecida é o estado de tristeza que atinge os pacientes, acompanhado da falta de motivação, sensação de vazio e, em alguns casos, até vontade de morrer. Apesar de muitas pessoas precisarem tratar a doença por longos anos a fim de evitar recaídas, para outros pacientes, a depressão acaba sendo apenas passageira.

Depressão leve pode remitir sem tratamento


“É possível que uma pessoa apresente um quadro depressivo leve, normalmente relacionado a situações adversas, mas que remita sem tratamento depois de algumas semanas”, afirma o psiquiatra Miguel Angelo Boarati. São casos em que há pouco impacto na vida e na rotina do indivíduo, uma vez que não há grande sofrimento ou incapacitação.

Na maioria das vezes, em quadros desse tipo, o médico não é procurado e, consequentemente, a depressão não é identificada. No entanto, se o paciente perceber que o humor não melhorou ao longo das semanas, é preciso buscar o auxílio de um especialista. “É necessário buscar um médico para investigação se ele continua triste, desanimado, sem experimentar prazer ou bem-estar, apresentar queda do rendimento nas atividades, piora do padrão do sono e do apetite”, alerta o profissional.

Antidepressivos ajudam a tratar depressão


De acordo com Boarati, apesar de ainda existir muito preconceito relacionado à doença, aos sintomas e à busca por tratamento, os indivíduos depressivos, normalmente, com informações e orientações, podem romper a resistência inicial e
buscar o atendimento médico necessário para vencer o transtorno e recuperar a saúde.

Depois de realizado o diagnóstico, é preciso que o paciente siga as recomendações do psiquiatra. O tratamento pode ser feito com medicamentos antidepressivos, que começam a fazer efeito, geralmente, entre 7 e 15 dias, com diversos tipos de terapias e com mudanças positivas no dia a dia, como iniciar a prática de atividades físicas, além de melhores hábitos de sono e alimentação.

Dr. Miguel Angelo Boarati é psiquiatra formado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e atende em São Paulo. CRM-SP: 85105

Foto: Shutterstock

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

12 comentários para "A depressão é passageira ou precisa sempre de tratamento?"

José Mariano Neto

Ótimo trabalho, colega Boaratti. Dentre os anti depressivos, qual sua opinião sobre o Litium es derivados de Opium?

Izac Ferreira Coelho

Bem elucidativo o texto acima.Já tenho um quadro detectado, conforme descrito no texto, e já estou em tratamento.Obrigado.

Cuidados Pela Vida

Oi Izac, ficamos felizes que você tenha gostado. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Eleni

Depressão e ansiedade são a mesma coisa. O tratamento e o mesmo?

rogeria

Tenho depressão e faço tratamento há dois anos também tenho esquizofrenia devo me tratar para sempre?

Airton de carvalho

Ótimo trabalho só falta tem médico psiquiatra para atendimento no CAP

Cuidados Pela Vida

Oi Eleni, temos em nosso site algumas matérias que podem te auxiliar com esta dúvida, segue os links:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/depressao/agitacao-ansiedade-constantes-indicio-depressao
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/depressao/paulistana-familia-ansiedade-depressao
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Rogeria, assim como algumas doenças, infelizmente a esquizofrenia não tem cura, porém é possível minimizar os sintomas. O tratamento deve ser realizado pelo resto da vida do paciente, sem interrupções. No entanto, a esquizofrenia não impede o convívio social, bem como a realização das atividades cotidianas. Temos em nosso site o depoimento de um paciente que convive com a doença http://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/esquizofrenia/mineiro-enfrenta-esquizofrenia
Abraços.

Guima

As matérias são muito rasas para um mal deste tamanho. Acho que o site deveria divulgar tratamentos alternativos, que funcionem… (filtrando oportunistas e picaretas, claro). Não basta enfatizar esse basicão farmacológico, que só entope o doente com medicamentos que na maioria só geram dependência e enriquecem a indústria farmacêutica.

Lurdes

Sofro de ansiedade generalizada e possível um dia se dos medicamentos?

Cuidados Pela Vida

Oi Guima, segue um link de acesso a outras matérias sobre este assunto: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/depressao
Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Lurdes, temos em nosso site algumas matérias que podem te auxiliar com esta dúvida, segue os links:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/ansiedade/caracteristicas-da-ansiedade-leve
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/ansiedade/entenda-tratamento-da-ansiedade-usando-fitoterapicos
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.